Renan Menck e Rodrigo Kudrek são empossados em Cândido de Abreu

Renan Menck e Rodrigo Kudrek tomam posse em Cândido de Abreu

Renan Menck e Rodrigo Kudrek tomam posse em Cândido de Abreu

Os jovens Renan Menck Romanichen, 34 anos, e Newton Rodrigo Kudrek, 31 anos, tomaram posse como prefeito e vice-prefeito, respectivamente, de Cândido de Abreu, em solenidade realizada na Câmara Municipal de Vereadores, na sexta-feira, 1º de janeiro, para o mandato 2021-2024 da Prefeitura de Cândido de Abreu.

A solenidade seguiu todas as restrições impostas pelas medidas sanitárias de prevenção a Covid-19, com redução no número de pessoas e apenas um convidado por eleito pôde assistir presencialmente a tomada de posse.

Eleitos no dia 15 de novembro de 2020, com 3.409 votos, o que representa 38,18% dos votos válidos, prefeito e vice farão uma gestão com foco principal em saúde, educação e agricultura.

“Todos os setores são de grande importância, durante nossa caminhada política ouvimos muito os anseios da população, por isso, durante o mandato iremos priorizar uma saúde pública de qualidade, por meio da humanização no atendimento, educação de excelência, mantendo um padrão de qualidade nas escolas municipais, na viação e na agricultura, lutaremos pela manutenção das estradas, firmando um compromisso com os agricultores do município, dando condições para escoarem sua produção e incentivar o fortalecimento da agricultura familiar”, destacou o prefeito empossado.

O prefeito disse ainda que irá trabalhar em benefício da população e espera que, apesar de ter a minoria dos 11 vereadores eleitos para o legislativo, o posicionamento dos parlamentares sempre seja pautado pelo interesse da coletividade e não por disputa política.

Renan Romanichen mencionou também que a grande maioria do secretariado está definida, com Larissa Estevão Romanichen (Saúde), Claudete Blan Daros (Educação), Carlos Eduardo Iene (Viação), Charles Marques de Oliveira (Agricultura), Emerson Moreira (Administração), Cleunice Koziel (Planejamento), Maykon Mora (Meio Ambiente), Edina Luz (Licitação) e Daniele Piedade (Procuradoria Jurídica).

Comentários