Conseg de Ivaiporã entrega equipamentos para DEPEN

Donizete Pires, Aldinei Andreis e Aldair da Silva Oliveira

Donizete Pires, Aldinei Andreis e Aldair da Silva Oliveira

O Conseg (Conselho Comunitário de Segurança de Ivaiporã) entregou, na semana passada, um termômetro infravermelho e dois detectores de metal para o Departamento Penitenciário do Paraná (DEPEN), que está assumindo de forma gradativa a gestão plena da cadeia pública de Ivaiporã. A entrega foi realizada pelos integrantes do Conseg, Aldinei Passos Andreis e Donizete Santos Pires, ao delegado de Polícia Civil de Ivaiporã, Aldair da Silva Oliveira, que posteriormente fez o repasse ao DEPEN.

A entrega atende a uma solicitação por parte do DEPEN de Londrina e os equipamentos serão importantes para o desenvolvimento do trabalho no departamento. Os detectores de metal serão usados para evitar a entrada de objetos metálicos dentro da carceragem de Ivaiporã. Já o termômetro será usado para agilizar o atendimento médico aos presos, em caso de situações de urgência.

Durante o mês de dezembro, o Conseg realizará uma campanha visando arrecadar recursos para a compra de algemas, que também foi uma solicitação do DEPEN.

Segundo o presidente do Conseg, Aldinei Passos Andreis, o empenho do Conseg em conseguir atender a demanda do Depen é uma demonstração da importância da vinda desse órgão para Ivaiporã, que será responsável pela gestão plena da cadeia pública, vislumbrando a possibilidade de resolução dos problemas crônicos pelos quais ela passa. “A vinda do DEPEN para assumir a gestão plena da cadeia pública de Ivaiporã é muito importante, pois essa é uma demanda e uma solicitação de muitos anos do conselho de segurança e isso irá melhorar, de forma significativa, as condições da cadeia de Ivaiporã”, frisa Aldinei.

O delegado de Polícia Civil, Aldair da Silva Oliveira, agradeceu o empenho do Conseg em conseguir os equipamentos e frisou que o apoio é importante para que o DEPEN possa ter condições de assumir com a maior rapidez possível a gestão da cadeia de Ivaiporã.

Comentários