Ivaiporã inicia programa ambiental nas escolas

Cmei´s começam a entregar material do programa Lixão Zero

Cmei´s começam a entregar material do programa Lixão Zero

A Prefeitura Municipal de Ivaiporã, por meio dos Departamentos Municipais de Meio Ambiente e Serviços Urbanos e Educação, está executando o Programa Nacional Lixão Zero, nas escolas municipais e particulares.

De acordo com a diretora municipal de Educação, Rose Maria Sirço, foi realizada a capacitação com os professores e funcionários das escolas municipais e particulares e, posteriormente, cada escola recebeu cartilhas educativas, sacos de lixo para orgânicos e rejeitos, sacos de ráfia para a separação do lixo reciclável e baldes de lixo.

Participaram da capacitação cerca de 554 professores, funcionários das escolas municipais, centros municipais de educação infantil (Cmeis) e escolas particulares. Foram incluídos no Programa 10 escolas municipais, 11 Cmeis e 5 escolas particulares.

A implementação do Programa Nacional Lixão Zero nas escolas começou a partir do dia 16 de novembro e, além da entrega dos materiais para os pais, os professores fazem acompanhamento por meio de fotos enviadas pelo aplicativo whatsapp, devido o distanciamento imposto pela pandemia do coronavírus.

Projeto contemplado

Ivaiporã teve o projeto encaminhado pelo Departamento Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, que foi contemplado pelo Governo Federal, e recebeu, aproximadamente, 3,8 milhões de reais para implementar o Programa Nacional Lixão Zero no município. O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, lembrou que apenas cinco municípios do Paraná receberam os recursos, sendo eles, Ivaiporã, Guarapuava, Piraquara, Diamente do Oeste e Marechal Cândido Rondon.

Executar melhorias no aterro sanitário e reforçar a coleta seletiva fazem parte de alguns dos benefícios do projeto. Além disso, por meio do Programa Nacional Lixão Zero, a Prefeitura de Ivaiporã adquiriu 3 caminhões, 1 trator de esteira, 1 retroescavadeira, 1 veículo utilitário, 1 triturador de galhos, 1 balança rodoviária para veículos, 1 revolvedor de compostagem, 2 milhões de sacos de lixo, balde de plásticos e outros benefícios que vão colocar o município em destaque no aproveitamento dos resíduos sólidos (lixo).