Mudas de erva-mate são distribuídas a produtores da região central

Projeto erva-mate é realizado em Pitanga

Projeto erva-mate é realizado em Pitanga

O Núcleo Regional de Pitanga do Instituto Água e Terra – IAT, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – IDR-Paraná, realiza o projeto Erva-Mate Paraná, desenvolvido com produtores de Pitanga, Boa Ventura do São Roque e Santa Maria do Oeste.

A proposta é a produção de mais de 40 mil mudas de erva-mate e de outras espécies nativas, no viveiro do IAT de Pitanga.

O projeto conta com a implementação do “Circuito do Mate”, que tem como finalidade sistematizar e organizar encontros na área de cultivo de erva-mate na microrregião atendida, integrando as instituições públicas de extensão, pesquisa, ensino, instituições privadas e os mateicultores, na busca pela melhor qualificação da erva-mate, aumento da produtividade, redução dos custos de produção e, por consequência, melhora da renda dos produtores de erva-mate.

No dia 19 de novembro foi realizada a distribuição de diversas mudas florestais nativas, principalmente, a erva-mate, para os produtores rurais do município de Boa Ventura de São Roque. Foram distribuídas 12.300 mudas de erva-mate e 2.460 de mudas de espécies florestais nativas diversas.

“Vale salientar que as mudas de erva-mate e as nativas são produzidas no viveiro do Instituto Água e Terra de Pitanga; o cadastramento e distribuição aos produtores ficam a cargo do IDR-Paraná – Pitanga”, cita o chefe do Núcleo do IAT de Pitanga, Elmiro Genero.