Polícia Civil queima 50 quilos de entorpecentes

Drogas apreendidas são destruídas pela Polícia Civil

Drogas apreendidas são destruídas pela Polícia Civil

A Polícia Civil e o setor de Vigilância Sanitária de Ivaiporã realizaram na tarde da segunda-feira, dia 9 de novembro, a queima de 50 quilos de drogas apreendidas em operações e ações, tanto da própria Polícia Civil como também da Polícia Militar, que desencadearam na prisão de suspeitos.

O delegado de Polícia Civil de Ivaiporã, Aldair da Silva Oliveira, comenta que essas apreensões são um somatório de várias diligências e procedimentos realizados ao longo do ano de 2020 e que a realização da destruição de entorpecentes é algo rotineiro, que deve ocorrer a cada seis meses.

Ele informou que, por causa da pandemia da Covid-19, essa é a primeira queima realizada no ano, mas que a quantidade destruída representa cerca de 20% a mais daquilo que foi apreendido no mesmo período do ano passado, incluindo maconha, cocaína e crack. “É importante pontuar que a maioria das pessoas envolvidas nessas situações em situações de tráfico se encontra presa”, informou o delegado de Ivaiporã, Aldair Oliveira.

Comentários