Paróquias de Ivaiporã celebrarão missas no Dia de Finados

Padre Nivaldo Nascimento explica significado do Dia de Finados

Padre Nivaldo Nascimento explica significado do Dia de Finados

As tradicionais missas em celebração ao Dia de Finados não serão realizadas neste ano no Cemitério Municipal de Ivaiporã, como medida preventiva à Covid-19 para evitar aglomeração.

No entanto, a tradição da igreja católica será mantida com a realização de missas na segunda-feira, 2 de novembro, nas três paróquias do município: Bom Jesus, Santíssima Mãe de Deus e Espírito Santo, com presença de público, obedecendo a capacidade mínima de ocupação dos templos, em conformidade com as normas sanitárias de combate à Covid-19, além da obrigatoriedade do uso de máscara e distanciamento social.

Na Paróquia Espírito Santo, a Santa Missa em homenagem aos entes queridos que já se foram começa às 08h00, enquanto na paróquia Bom Jesus, haverá missa às 08h00 e às 09h30. Já na paróquia Santíssima Mãe de Deus, a celebração ocorre às 09h00.

De acordo com o padre da paróquia Espírito Santo, Nivaldo Pereira do Nascimento, a tradição, que envolve muita religiosidade e que homenageia os falecidos, é um hábito cristão muito antigo. “Foram pessoas que fizeram parte do nosso convívio e neles morou Deus, por isso, nos reunimos para recordar o que eles significam, em sinal de respeito e amor por essas pessoas que nos deixaram”, disse padre Nivaldo.

O religioso ressaltou que o Dia de Finados é uma data oportuna para prestar homenagem aos mortos, fazer uma visita no cemitério e cuidar do espaço público.

Segundo o padre Nivaldo, Finados também é momento de reflexão, solidariedade e comunhão espiritual, principalmente, em tempos de pandemia, onde muitas famílias estão enlutadas. “Estaremos celebrando e rezando pelos mortos, mas ao mesmo tempo temos que ter um olhar para a vida e para nós mesmos, seguindo nossa missão aqui na terra”, reforçou o padre, ao fazer o convite para a população participar das celebrações do Dia de Finados.

Comentários