Colégio Estadual Antônio Diniz Pereira é destaque no IDEB

Equipe pedagógica, professores e funcionários do Colégio Estadual Antônio Diniz Pereira comemoram resultado do Ideb

Equipe pedagógica, professores e funcionários do Colégio Estadual Antônio Diniz Pereira comemoram resultado do Ideb

O Colégio Estadual Antônio Diniz Pereira, localizado na Vila João XXIII, foi o destaque do município de Ivaiporã entre os colégios da rede estadual de educação no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) 2019, que teve os resultados divulgados, recentemente, pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), ligado ao MEC (Ministério da Educação e Cultura).

Entre os estaduais avaliados, o Colégio Antônio Diniz Pereira obteve a maior nota, de 5,5, e também o maior crescimento em relação à avaliação de 2017, quando obteve 4,5. Junto com o Colégio Estadual Nilo Peçanha, de Jacutinga, foram os únicos que conseguiram atingir a meta estipulada pelo MEC para o ano de 2019.

O diretor do colégio, José Roberto Pereira, o Salmora, ressalta que crescer um ponto em apenas dois anos não é fácil para nenhuma escola, mas ele acredita que ainda existe espaço para uma melhoria ainda maior. No entanto, o resultado não surpreendeu a direção e a equipe pedagógica da instituição de ensino. “Todas as ações foram direcionadas para as questões pedagógicas, compreender como é a aula do professor, articular com a equipe pedagógica e a gestão escolar, fazendo o acompanhamento para atender as necessidades. Acredito que essa articulação foi o principal fator para esse resultado, pois temos excelentes professores e isso garante a qualidade do ensino”, disse o diretor do colégio.

Essa articulação foi realizada com as reuniões pedagógicas e o envolvimento de toda a comunidade escolar. “Para continuar nessa trajetória, que temos que ter uma visão de distribuição das responsabilidades e do papel de cada um nesse contexto, como o papel dos estudantes, dos professores, da gestão e, por último, o envolvimento das famílias e, independente do local onde a escola está localizada, o resultado irá aparecer”, frisou o diretor.

Para ele, a divulgação desse resultado, nesse momento de pandemia, foi fundamental para dar um ânimo e uma energia a todos os envolvidos. Mas a escola já tinha alguns indicadores sobre o resultado positivo, como a nota do Saepi de 2019, que avalia o desempenho dos estudantes nas provas de Português e Matemática. Em Português, a média do Paraná foi de 246,9 e a nota alcançada pelo colégio foi de 255 pontos; em matemática, o resultado foi ainda melhor, a média estadual foi de 255,9 e a do Colégio Antonio Diniz Pereira foi de 275,7.

Salmora frisa que, durante a pandemia, notou-se a necessidade de muitos alunos com relação ao pouco acesso ou dificuldades de utilizar a tecnologia no ensino remoto. Atualmente, cerca de 40% dos estudantes estão recorrendo ao material impresso. “Os alunos até têm os equipamentos, mas, às vezes, os celulares são de uso limitado ou contam com problemas de conexão e, por isso, muitos acabam usando o material impresso”, ressaltou.

Sobre o futuro, o diretor comenta que o Antônio Diniz Pereira está localizado em uma região bastante populosa e uma das que mais cresce em Ivaiporã e o colégio também está entre os que mais crescem no município, tanto em número de alunos como em número de turmas. “O nosso desafio para o futuro é ampliar a estrutura física, pois não temos espaço para receber mais alunos, e buscar por novos cursos técnicos e firmar parcerias com as universidades da região, para explorar o potencial que o colégio tem”, finalizou.

Comentários