Detentos da cadeia de Ivaiporã promovem motim

Imagem da notícia.

A tarde desse domingo, dia 11 de outubro, esteve tensa na cadeia pública de Ivaiporã. Após morte de um detento de 53 anos, os demais iniciaram um motim dentro da carceragem, exigindo a presença do promotor de justiça e do diretor do Depen de Londrina, para ouvir e atender as exigências deles. A causa da morte do preso, segundo informação inicial repassada para a Polícia Civil, é que ele sofreu um infarto e a demora no atendimento, alegado pelos presos, desencadeou a revolta.

A cadeia pública de Ivaiporã, que tem capacidade para 40 presos, estava com cerca de 170 detentos nesse final de semana. Quando o Samu e o Corpo de Bombeiros chegaram para o atendimento, o preso já estava em óbito.

O delegado de Polícia Civil de Ivaiporã, Aldair da Silva Oliveira confirmou ao Paraná Centro que negociou com os presos para que haja uma trégua até a terça-feira, dia 13 de outubro, para que as negociações possam ter continuidade.

Imagem da notícia.

Comentários