Cartório eleitoral inicia preparativos para eleição

Rafael Santos – chefe do cartório da 93ª zona eleitoral

Rafael Santos – chefe do cartório da 93ª zona eleitoral

O cartório da 93ª Zona Eleitoral de Ivaiporã está se preparando para um dos maiores desafios das eleições municipais, que é realizar o pleito com o máximo de segurança sanitária possível e reduzir os riscos de contaminação pela Covid-19. O chefe do cartório eleitoral, Rafael Paschoal dos Santos, informou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já realizou uma série de reuniões com os agentes sanitários para tentar minimizar os riscos da contaminação. Entre as determinações já definidas, o horário da votação foi ampliado em uma hora, iniciando às 7h00 e finalizando às 17h00. O chefe do cartório revelou que o tribunal estuda a possibilidade de indicar um horário prioritário para as pessoas que estão no grupo de risco, como idosos, gestantes e portadores de doenças crônicas. A biometria, que nesse ano seria realizada em todo o Brasil, foi dispensada e a justificativa eleitoral, para os eleitor que não se encontra em seu domicílio eleitoral no dia da eleição, poderá ser feita pelo aplicativo e-título e não precisará ir aos locais de votação, como ocorria anteriormente. Nos próximos dias, deve ser definido o protocolo que permitirá a utilização do aplicativo para essa finalidade.

Rafael Santos disse que a justiça eleitoral de Ivaiporã já está fazendo vistorias nos locais de votação para estabelecer um fluxo melhor para os eleitores, que possibilite a política de distanciamento social e acesso seguro.

Os treinamentos, capacitações e reuniões da Justiça Eleitoral estão sendo feitos via internet, através do whatsapp ou de plataformas digitais que permitem reuniões. “Já realizamos uma reunião prévia com os dirigentes de partidos tratando sobre a questão dos registros de candidaturas e o encaminhamento das atas de votação e também teremos outra reunião virtual para tratar de outros detalhes da eleição e a orientação para os partidos é que todo o registro de candidatura seja feito pelo sistema Candex”, frisa. Os registros de candidaturas irão ocorrer até o dia 26 de setembro e, no dia 27, já começa o período em que a propaganda eleitoral é permitida.

Apenas nos casos que o partido não conseguir fazer o registro pela internet, será agendado o atendimento presencial no fórum eleitoral.

Em relação ao dia da eleição, além das medidas para evitar aglomeração, que estão definidas e serão tomadas, um dia antes todos os locais de votação passarão por uma higienização. Além disso, os eleitores terão que, obrigatoriamente, usar máscaras para acessar os locais de votos e usarão álcool gel antes e depois de entrar na seção eleitoral.

Locais de votação

Em relação à eleição de 2018, o Colégio Estadual Barbosa Ferraz volta a ser um local de votação. No pleito anterior, a instituição estava passando por uma reforma e, excepcionalmente, a votação ocorreu no Colégio Santa Olga.

Já está definido também que haverá agregação de várias seções eleitorais. O Paraná teve que ceder urnas eletrônicas para outros estados e, com isso, várias seções serão agregadas, reduzindo assim o número de urnas disponíveis, mas não haverá alteração no local de votação do eleitor. “Nos próximos dias, será divulgada a relação das urnas que serão agregadas e, assim que os registros dos candidatos forem finalizados, haverá uma reunião para debater o plano de mídia”, informou Rafael Santos.

Comentários