Como escrever uma redação sem saber nada sobre o tema? Parte III

O momento da redação em avaliações como ENEM, vestibulares e concursos é sempre um elemento que provoca tensão, não é mesmo? Da estrutura ao tema, há diversos aspectos que devemos considerar para alcançarmos aquela nota desejada.

Mas o que acontece se, ao lermos o tema proposto, percebemos que não sabemos nada sobre o assunto? Para tentar te ajudar, vão aí algumas dicas práticas.

Perceba o nível vocabular dos textos

Há algum traço de extrema formalidade ou informalidade nos textos de apoio? Por que você acha que foi feita essa opção? O que a formalidade ou a informalidade tem a ver com o tema?

Identifique o problema central contido no tema e nos textos

Após realizar uma leitura atenta do tema e dos textos motivadores e ter levantado todas as informações fundamentais, considere: Qual é o problema central relacionado a esse assunto? A identificação do problema principal pode te auxiliar a construir sua introdução.

Questione o problema central

Depois de encontrar qual é o problema central, reflita: Por que isso é um problema? Quais são as origens do problema? Por que esse problema ainda não foi resolvido? Quais malefícios o problema traz para a sociedade? As respostas encontradas no processo de reflexão podem compor seu desenvolvimento.

Encontre soluções

Pense: Como esse problema poderia ser resolvido? Como a escola, a população e o Estado podem ajudar na solução da questão (uma vez que boas conclusões sempre trazem ações nessas três esferas)? Acrescente as soluções encontradas na conclusão.

Consulte sua memória

Isso mesmo! Questione-se: o que esse tema me traz à memória? No que ele me faz pensar? É muito possível que você se lembre de um referencial histórico sobre o assunto, de um acontecimento de grande importância, de um livro, de uma música. Caso esteja plenamente certo sobre sua lembrança, incluí-la no texto pode ser uma boa alternativa.

Leia a proposta de redação no início da prova

Ao pegar a prova em mãos, leia de imediato a proposta de redação e reserve não mais de cinco minutos para pensar sobre ela. Após, responda as outras questões e perceba se não há no enunciado delas algum dado ou informação que possa ser relevante para a redação. Acredite, isso acontece com certa frequência.

No mais, ter uma rotina de escrita e de leitura nos meses que antecedem os testes é um recurso que te ajudará muito no desenvolvimento de qualquer tema, afinal sua mente já terá absorvido todo o processo de construção de uma boa produção textual. Não conte apenas com a sorte, conte com o conhecimento também.

Comentários