Educação de Ivaiporã inicia atividades do CMAE

Integrantes da equipe de educação especial posam para foto em frente ao Cmae

Integrantes da equipe de educação especial posam para foto em frente ao Cmae

A Secretaria Municipal de Educação de Ivaiporã iniciou na sexta-feira, 14 de agosto, as atividades do CMAE (Centro Municipal de Atendimento Especializado), ligado ao setor de educação especial do município. Instalado no antigo prédio do Cras (Centro de Referência da Assistência Social), o CMAE foi idealizado com o objetivo de dar prosseguimento ao atendimento iniciado pela equipe de educação especial nas escolas da rede municipal. O espaço contará, inicialmente, com o atendimento da equipe multidisciplinar da Secretaria de Educação e a realização de oficinas e atividades com alunos, pais e responsáveis.

A secretária municipal de Educação, Rose Sirço, relatou que esse centro vem sendo idealizado há vários anos, principalmente, porque a educação especial passou por um avanço considerável e necessitava de um espaço adequado para dar sequência aos atendimentos nos casos que necessitassem de uma atenção maior ou que fosse recomendada uma terapia ou atendimento clínico. “Esse é um sonho que está se concretizando e, com certeza, a educação especial em Ivaiporã terá uma evolução muito grande a partir desse novo espaço”, disse a secretária.

Ela relata que apesar das aulas presenciais estarem suspensas, as equipes da Secretaria de Educação estão trabalhando normalmente, dando suporte aos professores que estão atuando no ensino remoto. E, com isso, a partir dessa semana, o atendimento no CMAE deve ser iniciado, com toda segurança e observação das normas sanitárias, com as profissionais da equipe de educação especial. “Acredito muito no sucesso desse projeto”, frisa a secretária de Educação.

Rose Sirço informou ainda que a expectativa é realizar uma parceria com os departamentos e órgãos do município para a oferta de mais serviços no local, como por exemplo, o atendimento de um neuropediatra e a realização de oficinas e atividades que envolvam a família. “Dessa forma, o trabalho envolvendo as famílias consegue um resultado mais rápido”, ressalta Rose Sirço.