Policiais reforçam vigilância na parte externa da delegacia e impedem entrada de drogas e celulares

Aldair da Silva Oliveira, delegado de Polícia Civil de Ivaiporã

Aldair da Silva Oliveira, delegado de Polícia Civil de Ivaiporã

Na semana passada, a Polícia Civil e a Militar de Ivaiporã intensificam as rondas nas imediações da cadeia pública de Ivaiporã e flagraram pelo menos cinco situações em que pessoas tentavam arremessar drogas e objetos ilícitos para o interior da carceragem. Com a estrutura deficitária e a proximidade da rua, é comum pessoas serem contratadas para arremessar drogas e outros objetos para dentro da carceragem, por meio do solário da cadeia pública.

Em duas rondas realizadas pela equipe da Rotam, foi apreendido mais de quilo de maconha, que tinha como destino os presos; quatro pessoas foram detidas, suspeitas de participação nesse crime.

Procuramos melhorar o monitoramento, com o patrulhamento mais ostensivo da parte interna da cadeia e a Polícia Militar também intensificou as rondas e conseguimos ter resultados positivos”
Aldair da Silva Oliveira

O delegado da Polícia Civil de Ivaiporã, Aldair da Silva Oliveira, disse que a mudança no monitoramento da parte externa, com o aumento de rondas por parte dos policiais civis e agentes de carceragem, tem tido efeitos positivos. Outras três pessoas tentavam arremessar objetos para o interior da delegacia e foram flagradas.

Ele lembra que a vigilância na parte interna está comprometida, em função da superlotação da cadeia pública, mas que essa mudança já começou a ter melhores resultados. “Uma das nossas grandes lutas é reduzir a população carcerária e deixar os detentos em celas separadas, para se ter uma vigilância melhor; porém, enquanto isso não é possível, iremos reforçar essa vigilância externa”, frisa o delegado.

Comentários