Jardim Alegre entrega Academia da Saúde e projeta atendimentos com prescrição médica

Danieli Lopes, Marcelo Silva e Luiz Carlos Pereira mostram equipamentos da academia

Danieli Lopes, Marcelo Silva e Luiz Carlos Pereira mostram equipamentos da academia

A Prefeitura de Jardim Alegre, por meio dos departamentos municipais de Saúde e de Esportes, fez a entrega da Academia da Saúde, que recebeu investimento na ordem de R$ 45 mil, para a compra de aparelhos de musculação, para trabalhar todos os grupos musculares; bicicleta; esteira e equipamentos para atividades de equilíbrio.

Segundo o diretor municipal de esportes, Luiz Carlos Pereira, o Chocolate, essa proposta teve início com o projeto “Vida Saudável”, que está sendo trabalhando de forma experimental com Marcelo Pacífico da Silva, há um ano, e envolve um cronograma com atividades físicas e reeducação alimentar. Com ele, o paciente não precisou se submeter à cirurgia bariátrica e, no período, eliminou 76 quilos, saindo de 186 para os atuais 110 quilos. Mas a meta estabelecida é que ele chegue a 90 quilos.

Até o momento, o projeto era realizado em uma academia particular e, a partir de agora, passa a ser realizado na Academia da Saúde, que também vai trabalhar a proposta para outras pessoas que desejam perder peso, sem a necessidade de recorrer à intervenção cirúrgica. Além dessa finalidade, a estrutura também atenderá pacientes que precisam de fisioterapia e fortalecimento muscular, seja pós-trauma ou por envelhecimento precoce. No entanto, todos os atendimentos serão por recomendação médica e a academia não irá atender pessoas que busquem fazer o exercício por finalidade estética. A expectativa é realizar cerca de 80 atendimentos por mês.

Marcelo Silva comenta que ficou, durante 25 anos, sem conseguir dormir, pois toda a vez que deitava, perdia o ar e, muitas vezes, só conseguir pegar no sono no sofá. “Tinha uma vida sedentária, quase não conseguia mais me mexer e já tinha dificuldade em fazer minha higienização e tive três passagens pela UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e tomava 13 comprimidos por dia para diabetes, pressão, circulação, diurético, ansiedade e potássio”, disse. Hoje, além de ter se livrado dos medicamentos, ele tem a pressão arterial e a glicemia controladas e ressalta que com foco, força e fé conseguiu atingir essa meta.

A secretaria municipal de Saúde, Danieli Baraldi Lopes, afirmou que essa estrutura será importante, especialmente, para as pessoas que têm dificuldades de acessar esse tipo de tratamento que será oferecido, sendo que, muitas vezes, elas precisam buscar atendimento em outras cidades. “Graças a Deus estamos conseguido entregar esse projeto, que era tão sonhado. Corremos atrás, em parceria com o Departamento de Esportes, e estamos felizes em poder inaugurar a Academia da Saúde e oferecer este benefício à população”, ressalta Danieli.

Secretários e convidado desatam fita inaugural

Secretários e convidado desatam fita inaugural

Comentários