Grola aponta dificuldade de campanha durante pandemia

O prefeito de Lunardelli, Reinaldo Grola, fez uma avaliação sobre o adiamento da eleição municipal para o dia 15 de novembro. Segundo o prefeito, o adiamento foi definido pelo Congresso Nacional, pensando na preocupação que existe em relação à pandemia da Covid-19. “Essa é uma doença que tem um alto grau de letalidade e quando ela atinge pacientes do grupo de risco é muito avassaladora; a nossa preocupação é com a questão da saúde”, frisa.

Ele destaca, no entanto, que o mais sensato seria que eleição fosse adiada sem uma data definida, pois não existe segurança sanitária, nesse momento, para garantir que no dia 15 de novembro a eleição poderá acontecer sem maiores transtornos no Brasil. “Nos pequenos municípios, a eleição é realizada no corpo a corpo, na conversa e no diálogo e, se a pandemia continuar, será bem complicado o desenvolvimento da campanha eleitoral, já que não será possível realizar reuniões ou mesmo fazer visitas e apresentar as propostas”, comenta.

Grola espera que, a partir do mês de setembro, os casos de Covid-19 possam ir reduzindo aos poucos e, com isso, seja possível realizar as convenções e as reuniões preliminares da campanha eleitoral.

Comentários