Sesa confirma óbitos por Covid-19 em São João do Ivaí e Barbosa Ferraz

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou mais dois óbitos por Covid-19 na região nessa terça-feira, dia 14 de julho. As mortes ocorreram em São João do Ivaí, que tem agora duas mortes pela doença e, em Barbosa Ferraz, que também registra o segundo óbito pela Covid-19. A Sesa não informou mais detalhes sobre os casos. No total, o Paraná teve 57 mortes confirmadas nas últimas 24 horas, recorde para um único dia no Estado e, com isso, o número de mortos pela doença chega a 1.775.

São 25 mulheres e 32 homens, com idades que variam de 40 a 99 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 17 de junho a 14 de julho. Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba (23), Cascavel (5), Piraquara (3), Goioerê (2), Londrina (2), Paranaguá (2), além de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Arapongas, Bandeirantes, Cambé, Cerro Azul, Colombo, Itambé, Mallet, Marilena, Marmeleiro, Matinhos, Pontal do Paraná, Rio Branco do Sul, Santa Helena, São José dos Pinhais, Telêmaco Borba, Terra Boa, Tibagi e Toledo.

O Estado também confirmou 1.775 novos casos da doença no Estado, que agora acumula 44.870 diagnósticos positivos. Também houve recorde de confirmações de casos em um só dia na região central. A Sesa registra 72 novas infecções, nas últimas 24 horas. Os números podem divergir dos divulgados pelas secretarias municipais de saúde, que contabilizam também exames de laboratórios particulares e dados que podem ter sido encaminhados, anteriormente, às vigilâncias epidemiológicas. No boletim dessa terça-feira são confirmados novos casos em Ivaiporã (16), São Pedro do Ivaí (12), Barbosa Ferraz (9), Reserva (8), São João do Ivaí (7), Pitanga (6), Califórnia, Arapuã, Cruzmaltina (3), Mauá da Serra, Jardim Alegre, Faxinal, Mato Rico (1) e o primeiro caso em Santa Maria do Oeste.

887 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados hoje. 731 pacientes estão em leitos SUS (264 em UTI e 467 em leitos clínicos/enfermaria) e 156 em leitos da rede particular (57 em UTI e 99 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.057 pacientes internados, 529 em leitos UTI e 528 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

Comentários