Dois novos casos de Covid-19 são confirmados em Ivaiporã

O município de Ivaiporã divulgou, nessa segunda-feira, dia 13 de julho, novo boletim epidemiológico com os dados da Covid-19. O Departamento de Saúde e a Vigilância Epidemiológica receberam dois resultados positivos do Lacen (Laboratório Central do Paraná) e, com isso, o município totaliza 214 casos, sendo que 159 pacientes são considerados recuperados e três estão internados; 46 pacientes estão em isolamento domiciliar.

O município também recebeu 12 exames de pessoas que tiveram resultado negativo e agora são 970 diagnósticos descartados para o novo coronavírus. O município tem 17 pessoas com suspeita da doença e desses, um paciente está internado.

Já a Secretaria de Estado da Saúde divulgou mais 1.040 novas confirmações e 44 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma 43.095 casos e 1.072 mortos em decorrência da doença. As novas confirmações ocorreram principalmente em Curitiba (171), Campo Largo (78), Colombo (55), Pinhais (48), Arapongas (40), Paranaguá (39), Araucária (34) e Londrina (32).

849 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados hoje. Desses, 316 ocupam leitos de UTI. A taxa de ocupação desse tipo de leito, que inclui também pacientes com a suspeita da doença, chega a 72%.

A secretaria estadual informa a morte de mais 44 pacientes, todos estavam internados. São 18 mulheres e 26 homens, com idades que variam de 42 a 90 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 22 de junho a 13 de julho. Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba (17), Campo Largo (2), Maringá (3), Paranaguá (5), Pinhais (4), São José dos Pinhais (4), além de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Araucária, Colombo, Francisco Beltrão, General Carneiro, Itambé, Mandaguari, Paiçandu, Paula Freitas e São Pedro do Ivaí.

Da região, o Lacen confirma 16 novas infecções pela doença, sendo 7 em Mauá da Serra, que passa a ter 23 caso; 7 em Pitanga, que agora totaliza 76; 1 em Palmital ,que passa a 4 casos; e 1 em Faxinal, que sobe para 19 casos.

Comentários