Prefeito de Ivaiporã se reúne com presidente da Sanepar

Claúdio Stabile e Miguel Amaral conversam sobre investimentos em Ivaiporã

Claúdio Stabile e Miguel Amaral conversam sobre investimentos em Ivaiporã

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, esteve em Curitiba, na semana passada, onde participou de uma reunião com o presidente da Sanepar, Cláudio Stabile. O encontro, que ocorreu na sede da empresa, serviu para o ajuste de alguns pontos para o início das obras de ampliação da rede de esgoto sanitário de Ivaiporã, cuja ordem de serviço foi emitida, recentemente, pela Sanepar e que possibilita o início do investimento, que deve chegar a cerca de R$ 37 milhões e elevar o número de imóveis atendidos com a captação de esgoto sanitário dos atuais 14,5% para 70%. Além disso, o projeto de expansão também contempla a construção de uma nova estação de tratamento de esgoto, que será construída próxima à foz do Rio Pindaúva, distante cerca de cinco quilômetros da atual estação. O prefeito Miguel Amaral informou que a Sanepar já contratou a empreiteira, que já está no município fazendo os ajustes para o início das obras.

No encontro, o prefeito de Ivaiporã lembrou o empenho da Sanepar para viabilizar a instalação da rede de coleta de esgoto no Hospital Regional do Vale do Ivaí, com quase 2,5 quilômetros, realizada em tempo recorde, para possibilitar a abertura do Hospital Regional de Ivaiporã. O prefeito também citou outras obras que estão sendo realizadas em Ivaiporã, com a construção de um reservatório de água potável de um milhão de litros e que vai aumentar a capacidade de armazenamento da empresa em 33%, e a instalação da rede de água para os moradores das comunidades rurais de Cruzeirinho, Severiano e Santa Luzia, que totalizam cerca de 15 quilômetros de rede. “Temos que agradecer o empenho do presidente Cláudio Stabile, do governador Ratinho Júnior e de toda a equipe da Sanepar, que têm olhado com carinho e atendido as demandas de Ivaiporã”, disse o prefeito.

O presidente da Sanepar, Cláudio Stabile, comenta que, assim como a água potável, o tratamento de esgoto representa o investimento de saúde preventiva e faz com que o poder público deixe de gastar no tratamento de doenças. “Nossa equipe está trabalhando muito para que a população de Ivaiporã continue recebendo um serviço de qualidade por parte da companhia”, frisa.

Ele lembra que a ampliação da rede de esgoto vai causar um transtorno em Ivaiporã, principalmente, em obras que vão mexer em calçadas e pavimentos, mas que todos essas intervenções serão passageiras, irão durar alguns meses mas os benefícios irão continuar por anos.

Outro fator importante dessa obra, na avaliação do presidente da Sanepar, é a geração de mão de obra, por pelo menos um ano, o que vai contribuir com a economia da cidade. Sobre a intervenção para a ampliação da rede de coleta de esgoto para o atendimento do Hospital Regional, houve um esforço muito grande, com trabalho em até quatro turnos, e a obra foi realizada com 13 dias.

Estiagem

Apesar da chuva registrada nesse final de semana, o Paraná passa por uma grande crise hídrica, uma das maiores já vistas em toda a história do Estado e, certamente, a mais intensa em 30 anos. “Nesse momento, precisamos do apoio da população, que utilize água com responsabilidade, para que não tenhamos problemas de escassez”, ressalta.

Comentários