Casal adia casamento por conta da quarentena

Kássia e Adriano iriam se casar no início de maio, mas tiveram que remarcar devido à pandemia. Por: Pires Foto & Vídeo

Kássia e Adriano iriam se casar no início de maio, mas tiveram que remarcar devido à pandemia

Fonte: Pires Foto & Vídeo

A pandemia do novo coronavírus adiou inúmeros eventos em todo o mundo. Inúmeros eventos como casamentos, bodas de ouro, festas, ensaio de gestantes e books fotográficos tiveram que ser adiados desde março, em virtude do isolamento social.

E não foi diferente para alguns casais da região, que tiveram o sonho do casamento adiado por conta da quarentena. Após prepararem cada detalhe para o grande dia do “sim”, os noivos se sentiram frustrados com a notícia de que o evento não poderia ser realizado na data programada.

A professora de Ariranha do Ivaí, Kássia Fernanda Belletti, 24 anos, e o microempresário Adriano Silva Gonçalves, 26 anos, estão noivos há quase três anos, e planejavam concretizar a união no dia 2 de maio, mas a cerimônia teve que ser remarcada para o dia 24 de outubro.

Ela contou que o casal decidiu pelo adiamento do matrimônio no dia 4 de abril, conforme o decreto do estado do Paraná, porque muitos convidados moram em outro estado.

A jovem acrescentou que os preparativos estavam a todo vapor, mas que não houve prejuízos com o adiamento. “Os contratos com os fornecedores já estavam todos fechados e foram mantidos”, emendou.

Apesar de estar com a parte burocrática da cerimônia resolvida, a professora não escondeu a ansiedade para que esse período de quarentena acabe e o casamento possa ser realizado em segurança. “Estamos todos ansiosos, mas o momento pede cautela e isolamento social”, afirmou.

O que conforta os noivos é saber que os familiares e convidados estão saudáveis e bem. “Foi, sem dúvidas, uma decisão difícil, mas foi pensada para preservar toda nossa família e convidados, assim como os fornecedores e seus familiares”, finalizou Kássia Belletti.

Comentários