Ivaiporã alerta sobre Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Participantes mostram cartaz de conscientização do 18 de maio

Participantes mostram cartaz de conscientização do 18 de maio

Na segunda-feira, dia 18 de maio, comemorou-se o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes com o tema: esquecer é permitir, lembrar é combater!

Devido à pandemia do coronavírus (Covid-19) a Prefeitura de Ivaiporã promoveu uma ação com o objetivo de sensibilizar e mobilizar a sociedade contra o abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes, por meio do Departamento Municipal de Assistência Social.

A ação consistiu em panfletagem e alertas com faixas exibidas nos sinaleiros e próximas aos estabelecimentos comerciais e agências bancárias.

A diretora do Departamento Municipal de Assistência Social, Ana Franciscato, defendeu que o combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes deve ser exercido diariamente – especialmente durante a pandemia, uma vez que o isolamento social potencializa o aumento de casos.

A Rede de Proteção de Ivaiporã oferece atendimento por meio do Conselho Tutelar (43) 3472-1951 e 98457-1746, Central de Atendimento – Situação de Violência (43) 99977-5493 e Disque Direitos Humanos 100.

O Departamento Municipal de Assistência Social exemplifica alguns sinais, a curto prazo, de abuso sexual na infância: lesões, hematomas e doenças sexualmente transmissíveis; mudanças bruscas de comportamento sem explicação aparente; mudanças súbitas de humor; sonolência excessiva; perda ou excesso de apetite; baixa autoestima e isolamento social; evasão escolar; medo de escuro ou de ficar sozinho. No entanto, a existência de um ou mais sinais nem sempre indica abuso sexual, mas devem ser levados em consideração e observados.

Panfletagem procurou seguir normas prescritas pelas autoridades sanitárias

Panfletagem procurou seguir normas prescritas pelas autoridades sanitárias

Comentários