Polícia Militar de Ivaiporã prende suspeitos de tráfico

A equipe da Rotam da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar de Ivaiporã prendeu na sexta-feira, dia 15 de maio, três pessoas suspeitas de tráfico de drogas no município. O relatório divulgado na manhã desse domingo, dia 17 de maio, informa que, há vários anos, a equipe da Rotam recebe denúncias que dois homens, identificados no boletim de ocorrência apenas pelas iniciais do primeiro nome H. e C., realizavam tráfico e associação para o tráfico, nas proximidades da Vila Santa Terezinha.

Segundo os policiais militares, uma das formas de atuação da dupla, que segundo as informações apuradas pela própria equipe da Polícia Militar, há cerca de três meses, começou a atuar junta e ficava próxima a um bar, na Rua Cornélio Procópio. Quando os usuários queriam adquirir o entorpecente, eles se aproximavam do local e faziam a solicitação e os suspeitos iam até suas residências e pegavam a droga para os usuários. Além disso, segundo o relatório, os dois tinham funções distintas; “C” era quem fazia a venda direta e “H” era quem ficava responsável em abastecer a boca de fumo. Os dois também atuavam com a venda por meio do aplicativo whatsapp.

De posse das informações sobre a forma de agir da dupla, os policiais militares observaram a movimentação que era intensa, tanto próximo ao bar como na residência dos suspeitos, e entre os veículos que estiveram no local, estavam uma Parati e uma motocicleta. Os policiais tentaram abordar os dois veículos, mas sem sucesso.

Os suspeitos, provavelmente, foram avisados da presença de policiais militares nas proximidades e saíram em um veículo Celta, que segundo as investigações, seria utilizado para a comercialização dos entorpecentes.

Os dois foram até o indivíduo identificado como C e, rapidamente, saíram do local com destino à área rural de Ivaiporã. A viatura da Polícia Militar seguiu os elementos, que entraram em uma estrada rural, e seguiram até as margens de um rio, onde não havia saída. Eles entraram em uma plantação de milho e os policiais viram que eles deixaram vários pacotes pelo meio do caminho, onde estavam 208 gramas de maconha, uma balança de precisão e 25 gramas de cocaína.

Ao serem abordados, eles assumiram ser os responsáveis pela droga e, na sequência, os policiais foram até a residência dos suspeitos. Na casa do indivíduo identificado como H, foram encontrados mais 17 gramas de maconha, materiais usados para embalar a droga e R$ 732 em dinheiro, além da apreensão de um relógio e um celular de procedências suspeitas.

Já na casa do suspeito identificado como C, foram localizadas 10 gramas de maconha, uma faca com resquícios da droga, embalagens plásticas e R$ 1031 em dinheiro. Além dos dois suspeitos, a companheira do elemento H, identificada pela PM como primeiro nome A, também foi detida, e o Conselho Tutelar de Ivaiporã foi acionado para ficar com a filha menor da suspeita. A mulher identificada como M, companheira do elemento C, não foi presa, pois ela tem uma filha portadora de necessidades especiais e não teria outra pessoa responsável para cuidar da criança e a mesma não possuiu parentes na cidade.

Comentários