Polícia Civil de Ivaiporã investiga golpes contra beneficiários do auxílio emergencial

Imagem da notícia.

A Polícia Civil de Ivaiporã está investigando denúncias de aproveitadores que conseguiram enganar vítimas que seriam beneficiárias do auxílio emergencial, pago pelo Governo Federal a autônomos, desempregados e pessoas carentes que, de um momento para o outro, perderam sua principal fonte de renda e têm no repasse de R$ 600 do Governo Federal, o único recurso para se alimentar e tentar sobreviver até que a pandemia da Covid-19 termine.

Segundo o delegado Aldair da Silva Oliveira, a Polícia Civil de Ivaiporã já conseguiu identificar dois suspeitos que teriam praticado golpe contra duas pessoas, que tinham direito a receber do benefício do governo, mas quando foram sacar o dinheiro na agência da Caixa de Ivaiporã, o recurso já havia sido subtraído de suas contas. Segundo o delegado, as duas vítimas são da cidade de Jardim Alegre e elas teriam feito o cadastro no aplicativo da Caixa e tiveram auxílio dos dois suspeitos. A Polícia Civil investiga se esses elementos instalaram um aplicativo espião no celular das vítimas ou conseguiram acesso à senha para efetuar o saque do dinheiro no caixa eletrônico. A Polícia Civil já tem imagens do circuito interno da Caixa e identificou os elementos, que devem ser indiciados pelo crime de estelionato.

O delegado informou também ao jornal Paraná Centro que os saques ocorreram na agência de Ivaiporã e a Polícia Civil já registrou outras denúncias de pessoas que também foram vítimas de golpes semelhantes, aplicados por outras pessoas.

A orientação do delegado de Ivaiporã é que a população que tiver dificuldades para utilizar os aplicativos do Governo Federal peça ajuda a uma pessoa de confiança ou busque informações nos órgãos oficiais e jamais peça ajuda de estranhos.

Comentários