Paraná se aproxima de 2 mil casos de Covid

O Paraná confirmou nesta quarta-feira, 13 de maio, 91 novos casos de Covid-19. Esse foi o segundo maior número de casos confirmados em um só dia, desde o início da pandemia. O recorde ocorreu no dia 4 de abril, quando foram 94 casos confirmados em um único dia. Com o acumulado, o número de diagnósticos positivos chega a 1996.

As novas confirmações ocorreram em Curitiba (14), Maringá (12), São José dos Pinhais (7), Assis Chateaubriand e Cascavel (6), Pinhais e Medianeira (4), Foz do Iguaçu (3), Araucária, Campo Largo, Campo Mourão, Colombo, Fazenda Rio Grande, Londrina, Paranaguá, São Miguel do Iguaçu e Sarandi, com dois casos cada. Além de um caso positivo registrado nas cidades de Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Alto Paraná, Araruna, Cambé, Campina Grande do Sul, Cianorte, Guaratuba, Mirador, Paranavaí, Planaltina do Paraná, Quatro Barras, Quitandinha, Rebouças, Santo Antônio da Platina, Tamboara e Umuarama.

Também foram confirmados 4 novos óbitos, nas cidades de Curitiba, um menino de 6 anos; um homem de Guaraqueçaba, de 34 anos; e duas mulheres que moravam em Campina Grande do Sul, que tinham 64 anos e 82 anos.

A Sesa informou que, na região, são dois casos em investigação, em Lunardelli e Manoel Ribas.

Ivaiporã e Pitanga

O Departamento Municipal de Saúde de Ivaiporã divulgou o boletim diário com a atualização dos dados da Covid-19 no município. Pelos dados do município, 11 pacientes testaram positivo para a doença, 9 estão recuperados 2 pessoas morreram. Atualmente, são dois casos em investigação com exames encaminhados para o Lacen, sendo que ambos estão em isolamento domiciliar e são 85 exames já descartados para a doença.

Já a Prefeitura de Pitanga informou que 23 pacientes são monitorados por apresentarem sintomas, mas nenhum caso está classificado como suspeito para a Covid-19 ou com exames em investigação. 22 exames coletados pelo município e encaminhados para ao Lacen já foram descartados para a doença, sendo que o município ainda não teve confirmação da Covid-19 em nenhum paciente.

Comentários