Municípios da região de Pitanga distribuem cartão Comida Boa

Pitanga realiza entrega de cartões do programa Comida Boa do Governo do Estado

Pitanga realiza entrega de cartões do programa Comida Boa do Governo do Estado

Os municípios da área de atuação do núcleo regional da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab) de Pitanga começaram a entregar os cartões do programa Comida Boa, do Governo do Estado. A entrega aos municípios foi realizada na semana passada, beneficiando Boa Ventura do São Roque, Cândido de Abreu, Laranjal, Manoel Ribas, Mato Rico, Nova Tebas, Palmital, Pitanga e Santa Maria do Oeste, que receberam no total 18.986 vouchers, que possibilitam a compra mensal de R$ 50 em alimentos para as famílias cadastradas no Bolsa Família. A validade do cartão é por um período de três meses.

Em Pitanga, a entrega teve início na quinta-feira, dia 7 de maio, e foi realizada no Centro de Eventos do Lago Miguel Adur. A secretária municipal de Assistência Social, Jaqueline Luz, comenta que diante da nova realidade causada pela pandemia da Covid-19, o programa estadual vem de encontro com as necessidades das famílias que, nesse momento, se encontram em uma situação grave de vulnerabilidade social. “Isso somando às demais intervenções emergenciais federal e municipal, atende as famílias e também possibilita um incentivo ao comércio local”, ressalta.

A prefeita de Manoel Ribas, Bete Camilo, informa que em seu município, foram cerca de 2 mil cartões distribuídos às famílias cadastradas no CadÚnico, sendo que desses, cerca de 700 deles foram entregues na aldeia indígena. “As pessoas precisam desse recurso e isso é de grande importância porque vai quem está com uma renda menor a complementar as compras no mercado ou ajudar nesse momento de muita dificuldade”, comenta a prefeita.

Ela lembra ainda que esse cartão vai se somar ao auxílio emergencial que o Governo Federal está disponibilizando às famílias mais carentes, que estão sem trabalho e perderam sua principal renda para a compra de alimentos.

O chefe do Núcleo Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento de Pitanga (Seab), José Guilherme Camilo, ressalta que esse é um momento muito difícil pelo qual passa toda a sociedade, onde muitas pessoas perderam suas referências e seus rendimentos. “O governo do Estado possibilita esse pequeno amparo, mas que para muitas famílias será de grande valia”, ressalta.

Ele também aponta o benefício para o comércio local que, devido às restrições de circulação e ao fechamento de alguns locais, perdeu renda de forma significativa. Apenas nos municípios da área de jurisdição do núcleo de Pitanga, serão investidos cerca de R$ 2,8 milhões, durante os três meses. “O voucher é dinheiro na mão, o comerciante não terá taxa nenhuma com a adesão do programa e receberá pela mercadoria entregue aos beneficiários em poucos dias”, ressalta o chefe do núcleo da Agricultura.

Ele ressalta que o Governo do Estado vem realizando medidas para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus e os reflexos causados por essa situação de calamidade pública.

Comentários