Série Prata de Futsal deve começar em agosto

Em reunião realizada por videoconferência no início de maio, entre a Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS) e representantes dos 11 clubes que disputarão o Campeonato Paranaense da Série Prata, ficou definido que a competição deve começar em agosto, podendo sofrer novo adiamento dependendo de como estiver o cenário do coronavírus no Estado. Vale referir que a 1ª rodada do certame estava programada para 28 de março, mas a federação suspendeu por conta da pandemia.

No encontro virtual entre os dirigentes, foi estabelecido que, até o mês de agosto, seja avaliada a possibilidade dos jogos acontecerem com portões fechados ou com a presença de público nos ginásios.

Além disso, a fórmula de disputa da competição será reavaliada, uma vez que o formato de chave única com turno e returno na fase de classificação foi abolido, devido à falta de datas no calendário. “Provavelmente, a 1ª fase seja regionalizada, mas tudo depende da data de início”, cogitou Marco Aurélio Henrique de Oliveira, supervisor da Adep/Pitanga Futsal, agremiação que representará a região central no torneio.

O dirigente acredita que é preciso ter as condições sanitárias necessárias para que a competição tenha início, além de ser contrário a uma volta aos jogos com portões fechados. “Para os clubes é, financeiramente, inviável que os jogos sejam realizados com portões fechados. Também pedimos a compreensão da federação quanto aos custos fixos de cada partida, porque dependemos muito da bilheteria para manter a parte financeira do clube, bem como as receitas do que é vendido nos bares do ginásio”, ressaltou.

Já em relação aos treinos, cada clube fica encarregado de uma programação diferente, que leva em conta a recomendação dada por cada Secretaria Municipal de Saúde. Ou seja, essa retomada varia conforme a realidade de cada cidade.

De acordo com o superintendente da FPFS, Luiz Henrique Antonievicz, houve solicitação unânime dos 11 clubes para que a competição inicie em agosto. Uma nova reunião entre a entidade máxima do futsal paranaense e dirigentes dos clubes deve ocorrer em junho.

Antonievicz disse, ainda, que a Copa Paraná de Futsal está confirmada para o segundo semestre de 2020 e que, em junho, será realizada uma reunião remota com os clubes da Série Bronze de Futsal para passar um prognóstico de início da competição.

Situação financeira da Adep/Pitanga

Todos os clubes paranaenses sofreram prejuízo financeiro com a suspensão das atividades e com a Adep/Pitanga Futsal não é diferente. Pensando em amenizar os efeitos da crise, a diretoria fez um acordo com os atletas e reduziu os salários – a maior parte dos atletas não está na cidade durante a quarentena.

Marco Aurélio Henrique destacou o impacto financeiro no planejamento da equipe, que sofreu com a perda de patrocinadores. “Enquanto não passar a pandemia, não tem como saber como vai ficar, teremos que rever junto aos patrocinadores, jogadores e comissão técnica, vamos ter que redefinir os objetivos da equipe e realizar um novo planejamento com a real situação financeira do clube”, concluiu.

Comentários