Jardim Alegre adota ações contra Covid-19

Laboratório municipal foi adaptado para servir como centro de triagem da Covid

Laboratório municipal foi adaptado para servir como centro de triagem da Covid

A preocupação com a Covid-19 tem feito todas as prefeituras e secretarias municipais de saúde adotarem medidas preventivas, visando evitar a disseminação da doença causada pelo novo coronavírus. O município de Jardim Alegre, por exemplo, interrompeu temporariamente as atividades do laboratório municipal e usou a estrutura para implantar um centro de triagem para a doença. Todos os pacientes com sintomas da Covid-19 são direcionados ao espaço, onde é feito o primeiro atendimento e acompanhamento de caso suspeito.

A secretária municipal de Saúde, Sílvia Bovo, ressalta que o órgão municipal tem se empenhado para que o trabalho tenha resultados e, desde o início da pandemia, alguns pacientes já foram atendidos no local e tiveram exames coletados; todos deram negativo para a doença. O centro de triagem deve funcionar por pelo menos mais três meses, durante o inverno.

Além dessa estrutura, as equipes de Vigilância Sanitária e Epidemiológica do município têm repassado, constantemente, as orientações do Governo do Estado para a população, atualizando as equipes para oferecer as melhores condições de atendimento aos pacientes. O comércio também tem sido orientado com os cuidados necessários, principalmente, no atendimento aos clientes e ao receber revendedores e entregadores de outras cidades. “No início, tivemos o fechamento dos serviços não essenciais, mas sabemos da preocupação econômica de todos e procuramos orientar sobre os cuidados necessários e, até o momento, a população de Jardim Alegre tem feito sua parte e não temos casos positivos no município. Tivemos que mudar algumas rotinas, como evitar aglomeração e receber visitas, e estes cuidados devem ser redobrados agora com a chegada do inverno”, comenta Sílvia.

O prefeito de Jardim Alegre, José Roberto Furlan, ressalta que a maior preocupação como prefeito é não ter a dimensão dessa doença no município, e o que ainda precisa ser feito. “Ainda não temos nenhum caso em Jardim Alegre e todos os casos suspeitos deram negativo, e fomos um dos primeiros municípios a emitir decreto exigindo o uso de máscaras”, aponta o prefeito. “Acredito que as medidas que adotamos até agora têm nos ajudado a controlar a doença, mas a principal ajuda é da população, que deve continuar evitando receber visitas de outras cidades, fazer o uso de máscaras e ter os cuidados necessários para evitar a disseminação da doença”, frisa o prefeito.

Sílvia Bovo – secretária municipal de Saúde

Sílvia Bovo – secretária municipal de Saúde

Comentários