Polícia Rodoviária apreende dois fuzis e 1,7 tonelada de maconha

Ônibus fazia o transporte das drogas e das armas. Por: Divulgação

Ônibus fazia o transporte das drogas e das armas

Fonte: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), com o apoio da Guarda Municipal de Irati, apreendeu dois fuzis e 1.744,2 quilos de maconha na tarde desta segunda-feira, dia 4 de maio em Irati (PR). Acompanhados por cães farejadores, guardas municipais da cidade prestaram apoio durante a ocorrência. Por volta do meio-dia, os agentes da PRF abordaram um ônibus de turismo, em frente ao posto policial, na BR-277. Após desconfiar do nervosismo excessivo do motorista, único ocupante do veículo, os policiais rodoviários federais decidiram acionar o Grupo de Operações com Cães da Guarda Municipal de Irati.

Logo foram identificados dois compartimentos ocultos, no assoalho do ônibus, sob parte das poltronas. Além dos tabletes de maconha, foram encontrados dois fuzis calibre 5,56, com quatro carregadores, ambos fabricados nos Estados Unidos.

Os tabletes da droga estavam envolvidos por uma camada de pó de café, o que não foi suficiente para despistar o faro dos cães.

Questionado pelos policiais rodoviários federais, o motorista do ônibus, de 32 anos de idade, disse que saiu de Foz do Iguaçu (PR) e que seu destino final seria Itapema (SC).

Essa apreensão de maconha em Irati é a maior realizada este ano pela PRF na regiões Centro-Sul e Campos Gerais do Paraná. No ranking estadual de 2020, ela ocupa a terceira posição. A maior registrada até agora ocorreu em Palotina, no último dia 17 de abril, quando 8,2 toneladas da droga foram apreendidas, em um depósito.

A PRF registrou a ocorrência na Delegacia da Polícia Civil em Ponta Grossa (PR).

O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão. E o de tráfico internacional de armas de fogo, oito a 16 anos –a pena aumenta em 50% se a arma for de uso restrito, caso dos dois fuzis.

Comentários