Câmara de Vereadores de Pitanga ajuda no combate ao Covid-19

Preocupada com as consequências da pandemia da Covid-19, a direção da Câmara de Vereadores de Pitanga tem tomado algumas ações visando minimizar as consequências da Covid-19 em Pitanga. Uma das iniciativas foi o cancelamento do processo de licitação para obra de reforma do prédio do legislativo. O investimento na obra estava avaliado em torno de R$ 233 mil. A presidente do legislativo, Eloy de Lurdes Ottoni Pauloski, gravou um vídeo e divulgou nas redes sociais, explicando o motivo do cancelamento. Ela disse que algumas informações distorcidas foram repassadas nas redes sociais, com o intuito de denegrir a imagem dos vereadores. Eloy lembrou que, em 2019, a Câmara de Vereadores repassou R$ 502 mil para que a prefeitura efetuasse os pagamentos referentes ao convênio que mantém com o Hospital São Vicente de Paulo. O valor era relativo às sobras de economias da câmara e de parte de recursos, que estava reservada para que essa obra fosse realizada, no ano passado.

Em 2020, a Câmara iniciou com o propósito de realizar a reforma e a licitação foi realizada no dia 4 de março, sendo que a homologação ocorreu no dia 16 de março. No entanto, no dia 19 de março, ou seja, três dias depois, o prefeito Maicol Barbosa baixou um decreto de combate à pandemia da Covid-19 no município e, a partir desse momento, todas as ações se voltaram para combater a doença.

A partir desse momento, segundo a presidente, determinou o repasse de R$ 80 mil de sobras do legislativo, para que o hospital pudesse comprar, de forma emergencial, álcool em gel, luvas, máscaras e equipamentos necessários ao combate da pandemia. “A partir daí também iniciamos o processo para o cancelamento da licitação, que já havia sido homologada. Fizemos a notificação à empresa e estamos no aguardo da manifestação, para que possamos legalmente cancelar essa licitação”, disse Eloy Ottoni. Assim que o processo for concluído, todo o valor que seria investido na obra será revertido no combate ao coronavírus.

Ela ressalta que a Câmara está bastante preocupada com o combate à pandemia e, se, no ano passado, foram repassados cerca de R$ 500 mil para apoio ao Hospital São Vicente de Paulo, esse ano, certamente, será um valor ainda maior.

Comentários