Boletim da Sesa confirma 71 novos casos no Paraná e sete óbitos

O Boletim da Secretaria de Estado da Saúde confirmou mais 71 novos casos de Covid-19 no Paraná, sendo três deles na região central. Após a confirmação do primeiro caso em São João do Ivaí, a Secretaria confirmou mais dois casos no município, que totaliza três casos de Covid-19. Um casal de empresários está em isolamento domiciliar e apresentou sintomas leves da doença, não precisando de hospitalização. O outro paciente segue internado em Arapongas. O boletim também confirmou o primeiro caso em Manoel Ribas, uma mulher de 31 anos, que está internada também em Arapongas. Ainda ontem, já havia sido confirmado um caso em Ivaiporã, que segue internado em estado grave na UTI. Os outros novos casos foram confirmados em Curitiba com 32 novas notificações positivas, Cascavel com 11 novos casos, Pinhais com três positivos, Colombo, Maringá, Fazenda Rio Grande, Londrina, Assis Chateaubriand e São José dos Pinhais com dois novos casos, além de um caso cada em Araucária, Campo Largo, Campina da Lagoa, Guaraniaçu, Foz do Iguaçu, Campo Mourão, Paranavaí, Lapa e Piraquara. Com isso, o Estado tem agora 621 casos confirmados.

No entanto, o dia teve recorde de óbitos no Paraná, com sete mortes. Dois homens faleceram em Paranaguá; dois morreram em Maringá, sendo um homem de 55 anos e outro de 88 anos; e um em Campina da Lagoa, de 42 anos. Na terça-feira, foram registrados falecimentos de um homem de 72 anos em Curitiba e outro de 56 anos também da capital do Estado, mas cujo resultado positivo foi divulgado apenas nessa quinta-feira, dia 9. Com isso, o Paraná soma 24 mortes.

O número de pessoas internadas subiu em relação à quarta-feira, dia 8 de abril. São agora 117 pacientes hospitalizados, com 68 em UTI e 49 em leitos clínicos.

Casos em investigação

Com relação aos casos em investigação foram descartados para a Covid-19 os casos suspeitos de Santa Maria do Oeste, Nova Tebas e Cândido de Abreu. Dos dois casos de Ivaiporã que estavam em investigação, um deles deu negativo para o exame e ainda falta a divulgação do resultado do segundo caso suspeito. Nos demais municípios da região não houve alteração em relação ao boletim da quarta-feira, dia 8 de abril.

Comentários