Prefeito de Arapuã destaca medidas preventivas contra o coronavírus

O prefeito de Arapuã, Deodato Matias, está bastante preocupado com a Covid-19 e diz que a expectativa não é boa para as próximas semanas. “As informações que temos recebido alertam para quadros piores nos próximos dias, principalmente durante o mês de abril”, frisa. Ele espera que, durante esse mês, possa surgir um tratamento mais eficiente ou a cura definitiva e que isso possa dar um novo ânimo para as pessoas.

Com relação à questão do fechamento do comércio, ele disse que está analisando a situação e vai definir conforme o andamento das demais cidades da região e também das decisões do Governo do Estado. “Nesse momento, estamos fazendo as mesmas recomendações que o restante do país, para que as pessoas fiquem em casa, se isolem, lavem as mãos e usem álcool gel”, ressalta.

Ele fez questão de agradecer à equipe do Departamento de Saúde e a compreensão do comércio, entendendo que não está fácil para ninguém. “Não gostaria de ver o comércio de Arapuã fechado e nem a própria prefeitura, pois estamos trabalhando em ritmo mais lento; mas o prejuízo é para todo mundo e temos que nos precaver de uma doença que é séria e está espalhada por todo o mundo”, ressalta.

Matias lembra que muitas pessoas ainda moram na área rural no município e para essas pessoas é mais fácil manter a quarentena e a orientação é que quem puder deve ficar em casa e vir para a cidade apenas em situações emergenciais. “Mesmo as pessoas que já têm agendamento na saúde, que não for de urgência, devem evitar vir à cidade, pois ela pode ter contato com outras pessoas que não manifestam os sintomas, mas podem estar com o vírus e assim acabar se contaminando também”, ressalta.

Comentários