Município de Ivaiporã tem 2 casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) e monitora outros por histórico de viagens

Imagem da notícia.

A Prefeitura de Ivaiporã informa, por meio do Departamento Municipal de Saúde, que há 2 casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) no município e monitora outros por histórico de viagens à área com transmissão sustentada. Os casos recebem a mesma orientação: ficar em casa. E, se acontecer agravamento dos sinais e sintomas, serão encaminhados para atendimento médico.

Neste momento, as orientações de isolamento social são para a sociedade para que o Departamento Municipal de Saúde possa retardar a disseminação dos casos no município e não sobrecarregar os serviços de saúde.

As pessoas que apresentam sintomas leves devem permanecer em casa. Aquelas com sintomas mais acentuados devem entrar em contato com as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e, se necessário, serão encaminhadas para atendimento hospitalar. Quanto aquelas que, eventualmente, sentem dificuldades respiratórias devem procurar imediatamente o Pronto Atendimento e avisar na recepção assim que chegar sobre sinais e sintomas.

A Prefeitura de Ivaiporã alerta que a pandemia é muito dinâmica. Por isso, as informações e definições mudam a qualquer momento. Embora o Departamento Municipal de Saúde siga as orientações, nem sempre é possível disponibilizar informações em tempo real, uma vez que todos os esforços da gestão e dos técnicos estão voltados às ações de contenção da pandemia e atendimento dos sintomáticos.

No que se refere à liberação de coletas de exames para coronavírus (Covid-19), não são de competência do município. Os casos que se encaixam na definição de suspeitos são encaminhados à Secretaria de Estado da Saúde para posterior autorização da coleta. No momento, o município não dispõe de outro fluxo para realização de exames.

Além disso, Departamento Municipal de Saúde lembra que os exames diagnósticos do Covid-19 servem apenas para fins epidemiológicos, uma vez que não existe medicação para o portador – restando o tratamento para sinais e sintomas. Os laudos dos exames são repassados exclusivamente aos pacientes, ficando a critério se identificar ou divulgar.

De acordo com o Departamento Municipal de Saúde, entram para a contagem oficial de casos suspeitos aqueles que são encaminhados para coleta de exames no Lacen (Laboratório Central do Paraná) em Curitiba. O município segue aguardando análises de 2 casos.

Imagem da notícia.

Comentários