Sesa dá dicas de prevenção e controle do Covid-19

A Diretoria de Atenção e Vigilância em Saúde e Coordenadoria de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) desenvolveu uma cartilha que orienta a população com medidas de prevenção e controle ao coronavírus (Covid-2019).

Conforme o documento, os primeiros sintomas do novo coronavírus levam de 2 a 14 dias para aparecer. A transmissão viral ocorre quando os Sintomas de Infecção

Respiratória (febre, tosse, coriza, espirro, dificuldade para respirar, entre outros) começam a aparecer no indivíduo contaminado, sendo mantida até que eles desapareçam.

A transmissão de pessoa para pessoa acontece via gotículas respiratórias ou contato. Já a transmissão por contato acontece quando as gotículas contendo o vírus contaminam mãos e superfícies.

De acordo com o material, mãos contaminadas transferem o vírus de uma pessoa para outra por meio do contato físico e também para diferentes superfícies e ambientes. Por isso, para não contrair o vírus, deve-se higienizar as mãos e não colocá-las nas mucosas dos olhos, boca e nariz.

A transmissão também pode acontecer quando gotículas da pessoa A (contaminada) são transferidas diretamente para pessoa B (não contaminada) através da tosse ou espirro.

Outras dicas para evitar o contágio são limpar e desinfetar as superfícies com álcool 70% ou hipoclorito de sódio, higienizar frequentemente as mãos com álcool 70% (mínimo 20 segundos de fricção) ou água e sabonete líquido (mínimo 40 segundos de fricção).

Com relação à etiqueta respiratória, deve-se não utilizar as mãos ao tossir ou espirrar, na falta de um lenço, use a parte interna do braço, na área superior das mangas da roupa, cubra boca e nariz quando tossir ou espirrar e higienize as mãos com frequência e sempre após tossir ou espirrar. Além disso, é recomendável eliminar ou restringir o uso de itens compartilhados e evitar a prática de cumprimentar com apertos de mãos, abraço ou beijo.

Comentários