Polícia Militar divulga concurso para formação de soldados

Major Élio Boing relata experiência de atuação policial

Major Élio Boing relata experiência de atuação policial

O Governo do Paraná publicou, na semana passada, no Diário Oficial do Estado, o edital com o lançamento do concurso público da Polícia Militar, que pretende contratar mais de 2 mil policiais militares e 400 bombeiros militares. As inscrições para o concurso acontecem a partir do dia 1 de abril e vão até o dia 4 de maio, às 17h00, e serão feitas exclusivamente no site www.nc.ufpr.br, para isso, deve-se fazer um pré-cadastro no site e informar os dados pessoas e o local onde pretende prestar o concurso. A definição será importante, pois ao escolher o Comando Regional onde pretende atuar, ele concorre com os candidatos que se inscreveram para aquela região. As provas de conhecimento poderão ser feitas em Ivaiporã e a taxa de inscrição é de R$ 100.

Para a área do 2º Comando Regional de Londrina, que abrange a 6ª Companhia da Polícia Militar de Ivaiporã, são 270 vagas, sendo 243 para ampla concorrência e 27 reservadas às cotas raciais. Já para o Corpo de Bombeiros, na área do 1º subgrupamento independente do Corpo de Bombeiros de Ivaiporã, serão 200 vagas, sendo 180 para ampla concorrência e 20 para as cotas raciais.

Os aprovados, e que iniciarem a escola de formação, recebem uma bolsa auxílio no valor de R$ 1933 , após o curso de formação, o subsídio inicial é de R$ 4.263.

O comandante da 6ª Companhia da Polícia Militar de Ivaiporã, Élio Boing, comenta que, apesar dos riscos, a carreira de policial militar é algo extremamente estimulante. Ele destaca que para a realidade da nossa região, é uma profissão que paga acima do salário médio das empresas e que, apesar de ser vista como perigosa, o treinamento do policial militar é feito para minimizar os riscos, tanto para ele como para a população. “Ele é treinado com essa finalidade, para conseguir gerenciar essas situações de risco”, frisa.

Ele ressalta que o policial militar consegue fazer a diferença para a sociedade em várias situações, principalmente, em socorrer as pessoas no momento que elas mais precisam. “É muito bom saber que fazemos o bem e somos útil à sociedade e que a população pode contar com as forças policiais”, ressalta.

Ele incentiva as pessoas da região a fazer o concurso e lembra que, ao serem aprovadas, a chance de trabalhar nas cidades vizinhas ou mesmo em Ivaiporã é muito grande. “Espero que as pessoas da região se prepararem para o concurso e possam participar, pois certamente teremos uma escola de formação aqui em Ivaiporã; ainda não sabemos com quantos alunos, mas podemos dizer que essas pessoas que forem aprovadas podem ficar próximas a suas famílias”, ressalta.

Comentários