NRE de Ivaiporã suspende aulas por tempo indeterminado

Valber Clarimundo e Anuar Paracat falam de medidas de prevenção e suspensão das aulas por conta do Coronavírus – Foto/. Por: Antonello Nadal

Valber Clarimundo e Anuar Paracat falam de medidas de prevenção e suspensão das aulas por conta do Coronavírus – Foto/

Fonte: Antonello Nadal

Atendendo a determinação do Governo do Paraná, o Núcleo Regional de Educação de Ivaiporã suspenderá, por tempo indeterminado, as aulas nos 14 municípios da área de abrangência a partir de sexta-feira, 20 de março. É recomendado que a medida seja seguida por escolas particulares, visando reforçar o combate à proliferação do coronavírus no Estado.

Com a suspensão das atividades, 12.926 alunos do Núcleo de Educação de Ivaiporã deixarão de frequentar as salas de aulas temporariamente. De acordo com o NRE, o cronograma de aulas será reavaliado assim que a situação se normalize, mas o cumprimento dos 200 dias letivos está garantido.

Conforme o chefe do NRE de Ivaiporã, Valber Clarimundo, nesse período de transição gradual até a completa interrupção das atividades, os estudantes que já puderem permanecer em casa terão as faltas abonadas. As escolas, no entanto, continuarão abertas e com jornadas regulares para garantir às famílias o tempo para readequação das rotinas.

A recomendação é para que as famílias evitem deixar as crianças com avós ou pessoas idosas durante o período de recesso, já que os idosos formam o grupo de maior risco dos efeitos do coronavírus.

Valber Clarimundo e o assistente de chefia do NRE de Ivaiporã, Anuar Paracat, falaram dos impactos do Covid 19 e das medidas de prevenção que estão sendo adotadas pela educação até a próxima sexta-feira, dia 20. “A primeira orientação no sentido de evitar o contágio foi para que a comunidade escolar utilize álcool gel, bebedouros das escolas fossem desligados ou retirados, alunos levem a própria garrafa de água para a escola, janelas abertas e façam a higienização das mãos, além de ficarem atentos aos sintomas que são parecidos com uma gripe”, explicaram.

Para o chefe do NRE de Ivaiporã, a medida do Governo do Estado visa proteger a saúde de alunos e funcionários. “Nós enxergamos o decreto como uma medida para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavírus”, completou Valber Clarimundo.

Comentários