Deputado defende tornar o Rio Ivaí em Área de Preservação Permanente para coibir pesca predatória

Durante uma audiência pública para discutir o crescimento dos casos de pesca ilegal nos rios da Bacia do Ivaí, realizado nesta quinta-feira (5), em Campo Mourão, o deputado estadual Evandro Araújo (PSC) defendeu a aprovação do projeto de lei 556/2019, que pretender tornar o Rio Ivaí e seus afluentes em Área de Preservação Permanente (APP). Segundo Araújo, que é autor do projeto e vice-presidente da Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais, a medida tem como uma das suas finalidades proteger o rio de atividades que ameacem peixes, como a pesca ilegal.

“Diante de tudo que tratamos na audiência, da situação de espécies como o Dourado e dos riscos de novas PCHs no Rio Ivaí, aumenta a necessidade de aprovarmos este projeto na Assembleia Legislativa para garantirmos uma proteção legal maior. O Rio Ivaí é um rio histórico e de grande valor ecológico, preenchendo os requisitos de uma área de preservação permanente”, defendeu o deputado.

A audiência pública foi organizada pelo Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo (GAEMA) do Ministério Público em parceria com a Comissão do Meio Ambiente e reuniu pescadores da região, representantes de órgãos de fiscalização ambiental, pesquisadores de universidades e autoridades políticas. Segundo a promotora de justiça e coordenadora do GAEMA, Dra. Rosana Sá Ribeiro, a ideia era levar informações aos pescadores e comunidade, além de discutir políticas para proteção dos rios de um modo geral.

Comentários