Cohapar autoriza início da construção de 41 casas populares em Jardim Alegre

Autoridades visitam canteiro de obras da Cohapar

Autoridades visitam canteiro de obras da Cohapar

A Cohapar (Companhia Habitacional do Paraná) autorizou o início da construção de 41 casas populares, com recursos próprios, em Jardim Alegre. A obra do Residencial Jardim Amador Gonçalves receberá cerca de R$ 3,3 milhões de investimentos do Governo do Estado, por meio do programa Habita Paraná. As unidades habitacionais serão destinadas a famílias com renda de um a seis salários mínimos. Os interessados em adquirir os imóveis, via financiamento direto com a Cohapar, devem se inscrever no cadastro de pretendentes da empresa, disponível no site www.cohapar.pr.gov.br/cadastro.

O empreendimento será construído na Rua das Begônias, ao lado do Conjunto Habitacional Pachulski, construído pela companhia há alguns anos. “A construtora responsável pelas obras será a CN Menezes Engenharia, contratada via processo licitatório pela Cohapar, que fiscalizará todas as etapas do projeto”, informa o diretor de Obras da companhia, Ademir Bier.

Os detalhes para início dos trabalhos foram discutidos na chamada reunião de partida das obras, com funcionários da sede e do escritório regional da companhia de Apucarana, além de representantes da construtora. Durante o encontro, a CN Menezes apresentou um histórico dos serviços já prestados à companhia e houve a formalização do gestor e fiscal do contrato.

Um dos diferenciais do programa Habita Paraná é que os beneficiários contemplados são isentos da cobrança de valor de entrada. O empreendimento também conta com contrapartidas da Copel e Sanepar, além da doação dos terrenos a custo zero pela Prefeitura de Jardim Alegre, o que torna os imóveis mais acessíveis à população.

As famílias a serem selecionadas pagarão parcelas mensais que giram em torno de R$ 300 a R$ 500. O valor exato será definido com base na renda dos contemplados.

Comentários