Copa Paraná de Futsal terá equipes da região

Após anunciar detalhes das três divisões do Campeonato Paranaense de Futsal, a Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS), revelou a criação da Copa Paraná, que vinha sendo alardeada desde meados de 2019.

A competição terá mata-matas do início ao fim. Serão 32 clubes na disputa - escolhidos conforme o ranking de clubes, que segue a hierarquia das colocações da última edição das três divisões do estadual.

Vale referir que o ranking não exclui Aymoré/Matelândia e Norte/Francisco Beltrão, que já anunciaram o fim das atividades profissionais. Por isso, Ivaiporã e Cruzmaltina, 33º e 34º colocados, respectivamente, estão aptos a participar da competição mata-mata. Outros clubes da região bem ranqueados que devem participar da Copa Paraná são: Adep/Pitanga (18º); Faxinal (22º); e São João do Ivaí (32º). Mauá da Serra aparece em 36º e só entraria na Copa Paraná em caso de desistência de algum clube com melhor ranking.

O “trunfo” da Copa Paraná deve ser a premiação. A FPFS promete R$ 160 mil (em vez de R$ 128 mil como divulgado antes) distribuídos ao longo da competição, sendo que a cada fase haverá gratificação aos clubes classificados.

De acordo com informações da federação, “a Copa Paraná terá início em abril e término em novembro. O sorteio dos confrontos será da seguinte forma: as 14 equipes da Série Ouro 2019, além do campeão e vice da Série Prata, estarão no Pote A. Os outros nove clubes que disputaram a Série Prata, mais sete times da Série Bronze, irão compor o Pote B.

A 1ª fase terá apenas confronto de ida, com o clube pior ranqueado como mandante. Se houver empate, a decisão segue para a prorrogação e, caso necessário, para as penalidades. Nas fases seguintes, haverão duelos de ida e volta. Sendo que duas vitórias alternadas, independente dos placares, forçam a prorrogação. No entanto, o clube com melhor saldo de gols do confronto joga por um empate no tempo extra para se classificar.

Ainda não há data prevista para o sorteio dos confrontos.

Comentários