Pavimentação asfáltica continua em Pitanga

Prefeito Maicol Barbosa visita obras de pavimentação na Rua Pioneiro Rovedo

Prefeito Maicol Barbosa visita obras de pavimentação na Rua Pioneiro Rovedo

Desde o início do ano, as obras de pavimentação asfáltica vêm avançando nos bairros de Pitanga. Na semana passada, foi finalizada a colocação da capa asfáltica nas ruas Pioneiro Rovedo Ziegmann, Anita Garibaldi e Miguel Adur Filho, todas no entorno do Parque do Lago.

Além dessas ruas, também está preparada para receber a capa asfáltica a Rua Benjamim Constant, que dá acesso ao lago, e será pavimentada desde a rodoviária até a esquina com a Rua Anita Garibaldi.

Segundo o secretário municipal da Cidade, Glenn Barbosa, além dessas ruas que estão praticamente prontas, já teve início o trabalho de preparação de base para a pavimentação de 10 quadras no Parque São Basílio, que já receberam meio-fio e galerias de águas pluviais e agora estão sendo preparadas para receber a base do asfalto, com uma capa de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente).

Paralelamente a essa obra, também está sendo preparada a pavimentação das ruas Henrique Michalak e José Klosolski, que ficam na mesma quadra do Núcleo Regional de Educação de Pitanga. “Essas são ruas com pedras irregulares, mas que em dias de chuva muito forte, ocorrem enxurradas e valetas, dificultando o trânsito. Com a pavimentação, isso não vai mais acontecer”, disse.

A prefeitura projeta também obras na Vila Planalto, onde o número de ruas beneficiadas é maior. “Acreditamos que temos, atualmente, quase 50 pessoas trabalhando diretamente nas obras de pavimentação asfáltica em Pitanga”, ressalta Glenn Barbosa.

Meta

Segundo o secretário da Cidade, a meta da administração era pavimentar pelo menos 20 quilômetros lineares de asfalto durante a atual gestão e ele acredita que isso será possível de ser atingido. “Quando assumimos, em 2017, havia 20 quilômetros de asfalto na área urbana de Pitanga e, se todos os projetos forem concluídos, conseguiremos chegar próximo a 50 quilômetros de pavimentação com asfalto, por meio de projetos, terceirizados e com recursos próprios”, ressalta.

Apenas com recursos da própria secretaria da Cidade, o município fez a recuperação e a pavimentação de novos trechos, de pelo menos 40 quadras de asfalto. Nessa ação, o município utiliza o PMF (Pré-Misturado a Frio), que tem uma boa resistência em ruas com pouco movimento de veículos pesados. “Acreditamos que a pavimentação resolve dois problemas, além de tirar as pessoas do barro e da poeira e valorizar o imóvel, ela também possibilita que o município tenha menos gastos com a manutenção das ruas que eram apenas cascalhadas, pois toda vez que chovia, precisavam passar por uma manutenção”, comenta o secretário Glenn Barbosa.

Comentários