Programa Pitanga Sustentável recolhe milhares de materiais

Alunos começam a receber materiais escolares no programa Pitanga Sustentável

Alunos começam a receber materiais escolares no programa Pitanga Sustentável

Uma ação do município de Pitanga, que envolveu as secretarias do Meio Ambiente, Saúde e Educação, conseguiu a retirada de mais de 30 mil itens que poderiam servir como locais para o criadouro do mosquito Aedes Aegypti. A ação incentivou, durante as férias escolares, que os alunos da rede municipal de Pitanga coletassem, em suas casas, materiais que pudessem acumular água e que poderiam ser descartados em quintais e terrenos vazios.

Até o início da tarde da sexta-feira, dia 31 de janeiro, já haviam sido recolhidos mais de 30 mil itens, dos mais diversos tipos, como pneus, recipientes plásticos, latas, pedaços de vasos sanitários, garrafas de vidro, entre outros. Cada item equivale a um ponto, que os alunos podem acumular e trocar por materiais escolares. A troca dos pontos pelos materiais teve início na segunda-feira, dia 3 de fevereiro, e vai até o dia 7, na Vigilância em Saúde do município.

O secretário do Meio Ambiente de Pitanga, Cristiano Jaskiu, ressalta que o principal resultado desse programa foi a adesão da população à ação. “Tivemos a adesão de muitas crianças, que envolveram toda a família, como avós e pais, que ajudaram na fiscalização da destinação correta dos objetos, incentivando a separação dentro de casa. As crianças também falaram aos pais não apenas sobre os perigos da dengue, mas também sobre a importância de destinar os materiais para a associação dos recicladores, que conseguem reverter em dinheiro para eles”, frisa o secretário do Meio Ambiente.

Ele salienta que a adesão foi muito grande, mas não surpreendeu, já que durante o ano vem sendo feito um trabalho muito intenso de conscientização da população sobre a importância da separação dos materiais recicláveis.

Comentários