Clima favorável deve possibilitar excelente safra de verão

Mesmo com redução de área, clima é excelente para produção de milho’

Mesmo com redução de área, clima é excelente para produção de milho’

O clima chuvoso dos últimos dias está bastante favorável às lavouras de soja e milho plantadas na região de Pitanga. O gerente da unidade da Coamo, Valdemir de Paula Barbosa, o Miro, comenta que as condições climáticas estão mais favoráveis do que de algumas regiões do Estado, onde a falta de chuvas no início da safra obrigou, inclusive, um replantio. No entanto, em Pitanga, as chuvas vieram no momento certo e ambas as lavouras estão se desenvolvendo muito bem.

De uns dez anos para cá, os produtores de Pitanga migraram do plantio de milho para a soja, já que essa última tem uma oscilação de mercado menor que o milho, que também tem tido uma produção menor. “Acredito que a área plantada de milho deve ter sido reduzida em cerca de 80% e quem planta milho, em grande parte, é para silagem e alimentação da pecuária de leite ou corte”, comenta.

O gerente da unidade acredita que se o clima continuar colaborando, a produção deve ser maior que no ano passado, quando mesmo com um veranico, a produção foi muito positiva.

O clima úmido também causa preocupações para o produtor rural, que precisa cuidar do desenvolvimento de doenças causadas por fungos, como mofo branco, e também ataques de percevejos e, por isso, a recomendação é que todo o cooperado siga as recomendações técnicas e esteja atento às orientações dos agrônomos da Coamo.

Com relação à ferrugem, que também é uma preocupação com relação ao clima dos últimos dias, o produtor não deve esperar a doença se instalar, mas sim fazer as aplicações recomendadas e investir na prevenção. “Cada vez mais, o agricultor tem que agir como um empresário rural e pensar no seu custo-benefício; assim, ele terá menos problemas em sua produção rural”, cita o gerente da unidade.

Comentários