Câmara de Jardim Alegre devolve quase R$ 250 mil aos cofres municipais

Vereadores e prefeito mostram cheque da devolução de recursos em Jardim Alegre

Vereadores e prefeito mostram cheque da devolução de recursos em Jardim Alegre

A Câmara de Vereadores de Jardim Alegre devolveu de R$ 249.028,30 para a prefeitura do município, com as sobras das receitas referentes ao exercício financeiro de 2019. Os recursos não utilizados fazem parte das economias realizadas durante o ano e podem ser utilizadas pelo município. Os vereadores indicaram ao prefeito José Roberto Furlan a aplicação de R$ 220 mil em obras de pavimentação com pedras irregulares em ruas do distrito de Barra Preta e o restante dos recursos para a aquisição de mudas para incentivo à diversificação da agricultura do município.

O prefeito José Roberto Furlan garantiu que vai atender a solicitação dos vereadores. O projeto está orçado em torno de R$ 300 mil e a diferença, em torno de R$ 80 mil, será complementada com recursos da Prefeitura.

O presidente do legislativo municipal, Rubens Vanderlei de Castro, o Pinguinha, comenta que esse valor foi possível graças ao esforço de todos os vereadores e dos funcionários da câmara. “No passado, não sobrava dinheiro e um dos nossos objetivos foi trabalhar para provar à população que isso era possível e, com esses recursos, atender bem a população”, ressalta o presidente.

A destinação dos recursos para a comunidade de Barra Preta foi unânime entre os vereadores e a Câmara de Jardim Alegre pretende elaborar um projeto com o direcionamento das sobras para obras nos bairros rurais do município. “Queremos deixar um plano de trabalho elaborado e, a cada ano, atender pelo menos uma comunidade rural”, disse o presidente do legislativo.

O prefeito José Roberto Furlan afirmou que esses recursos são muito importantes para a comunidade e assim o executivo vai apenas administrar os recursos dos vereadores. “Isso deve servir de exemplo para outros municípios e ter um bom relacionamento entre o prefeito e os vereadores. O nosso ideal é trabalhar juntos e servir à comunidade da melhor forma possível, com bons projetos para beneficiar, principalmente, as crianças e a terceira idade”, frisa o Furlan.

Comentários