Lunardelli é incluído no Boletim do Mercado do Turismo

Santuário de Santa Rita de Cássia é incluído em boletim turístico

Santuário de Santa Rita de Cássia é incluído em boletim turístico

O Ministério do Turismo divulgou, na semana passada, o 5º Boletim de Inteligência de Mercado do Turismo em todo o Brasil, com o mapeamento do turismo religioso no país. A publicação é uma ação do órgão do Governo Federal, em parceria com as secretarias estaduais de Turismo e os escritórios do Sebrae de cada estado. O trabalho tem o objetivo de apresentar os pontos turísticos e as festas mais importantes do calendário religioso de cada estado e apresenta não apenas eventos católicos, mas também de religiões evangélicas, de raiz africana, islâmicas e outras.

A publicação é utilizada por operadoras de turismo de todo o Brasil e também pelas secretarias estaduais do Turismo e pelo próprio ministério, para promover e divulgar os pontos turísticos de todo o Brasil. A publicação, por exemplo, contempla algumas das principais festas e pontos turísticos religiosos do Brasil, como o Santuário de Aparecida, na cidade de Aparecida (SP), de Padre Cícero em Juazeiro do Norte (CE) e a festa do Círio de Nazaré (PA).

No estado do Paraná, o boletim divulga apenas cinco cidades com atrativos do turismo religioso, que são Lunardelli, Curitiba, Paranaguá, Terra Roxa e Foz do Iguaçu e destaca apenas dois eventos religiosos, a festa de Santa Rita de Cássia, que acontece no mês de maio, e Festa de Nossa Senhora do Rócio, em Paranaguá, no mês de novembro.

Para o secretário municipal do Turismo, Francisco Izidoro, a inclusão de Lunardelli nesse boletim é muito importante para a divulgação do santuário de Santa Rita de Cássia em todo o Brasil. Além disso, o documento é acessado pelas principais operadoras de turismo de todo o país e que pode possibilitar a inclusão de Lunardelli em rotas turísticas que forem ocorrer no Paraná. Isso também demonstra que as ações integradas da prefeitura e das entidades do município estão colocando Lunardelli no mapa do turismo nacional e que devem, em breve, começar a render mais frutos com a vinda de visitantes, não só do Paraná, mas também de outros estados da federação.

Comentários