2º SaraUEM traz expressões artísticas para universidade

Coral da Melhor Idade de Lidianópolis se apresenta. Por: Antonello Nadal

Coral da Melhor Idade de Lidianópolis se apresenta

Fonte: Antonello Nadal

A Universidade Estadual de Maringá (UEM), campus regional do Vale do Ivaí, promoveu na sexta-feira, 13 de dezembro, o 2º SaraUEM, que teve como intuito apresentar os artistas, promover a cultura de Ivaiporã e região e utilizar o espaço público como referência de lugar da palavra, de socialização, de encontro e de manifestações de grupos sociais, culturais e políticos.

A proposta do Sarau surgiu em 2018 no curso de Serviço Social, em um projeto de ensino extensão e pesquisa de professoras do curso, voltado à comunidade. A partir desse ano, a ação cultural foi incorporada pela direção do campus juntamente com os professores dos cursos de educação física, história e serviço social.

Coral da 3ª Idade de Lidianópolis se apresenta no evento. Por: Antonello Nadal

Coral da 3ª Idade de Lidianópolis se apresenta no evento

Fonte: Antonello Nadal

A participação dos alunos em projetos como esse contribui para uma maior aproximação da comunidade acadêmica e geral com a instituição, que oferece ensino público e gratuito no Vale do Ivaí, bem como é um espaço além da sala de aula, no qual o aluno pode desenvolver demais potencialidades e agregar conhecimento à vida social, pessoal e profissional do aluno. “Pretendemos fazer do Sarau uma programação permanente da UEM/CRV, sendo que em 2020 a ideia é realizá-lo no final do 1º semestre”, afirmou a diretora do campus UEM/CRV, Fernanda Errero Porto.

A programação do 2º SaraUEM contou com apresentações musicais, dança, coral da Melhor Idade de Lidianópolis, declamação de poesias, troca de livros, exposições de desenho, artesanatos e vivência de jogo do RPG de mesa. “O objetivo é abrir a universidade para a comunidade e promover a cultura regional do Vale do Ivaí, integrando acadêmicos e comunidade por meio da arte”, completou Fernanda Errero.

Sarau busca integrar comunidade e universidade

Sarau busca integrar comunidade e universidade

A acadêmica do 2º ano do curso de Serviço Social, Kawana Elvira, explicou que as apresentações de modalidades artísticas como música, dança e declamação de poemas representam uma universidade plural que também é da sociedade. “Queremos acolher a comunidade externa dentro do ambiente universitário, além de trazer a arte para a universidade”, disse.

A egressa Daiane Nascimento fez uma apresentação de música clássica com violão e violino, juntamente com um colega do curso de História. “É uma grande honra retornar ao campus que tanto me trouxe felicidade para fazer uma apresentação de música clássica para as pessoas”, enfatizou.

A professora do curso de Serviço Social, Claudiana Tavares, ressaltou que o evento é uma oportunidade para os alunos demonstrarem o próprio talento, por meio de manifestações artísticas.

Acadêmicos mostram mesa de Rpg

Acadêmicos mostram mesa de Rpg

Comentários