Arapuã realiza arrastão contra a dengue

Arrastão é realizada em toda a área urbana de Arapuã

Arrastão é realizada em toda a área urbana de Arapuã

A equipe da Vigilância Sanitária de Arapuã encerrou, na semana passada, um trabalho de arrastão que teve início no final de outubro e que se estendeu durante todo o mês de novembro, com principal objetivo de retirar lixo que pode acumular água e se transformar em um local para a proliferação do mosquito transmissor da dengue.

Nesse ano, o município de Arapuã, especialmente a comunidade de Bem Te Vi, viveu uma epidemia da doença, com mais de 70 casos confirmados. Foram retirados vários caminhões com materiais que estavam nos quintais, terrenos vazios e nas beiradas das ruas, eliminando todos os focos do mosquito.

O coordenador da Vigilância Sanitária, Valdinei Balbino Louredo, ressalta que a ação foi realizada em toda a área urbana de Arapuã e também nas comunidades de Bem Te Vi e de Romeópolis.

Ele avalia que em alguns locais da cidade ainda havia um número grande de focos do inseto, mas que houve uma grande melhora em comparação com o arrastão realizado no início do ano. “Esse trabalho está sendo finalizado para reforçar a conscientização da população para que a doença não volte a atingir o município”, comentou o coordenador.

A orientação da Vigilância Sanitária de Arapuã é que as pessoas continuem fazendo sua parte e não deixem dentro da casa ou nos quintais, objetos que possam acumular água e se transformar em criadouros do mosquito. “Vamos continuar fazendo a nossa parte, com palestras nas escolas e orientações para que doença não volte”, disse o coordenador da Vigilância Sanitária.

Ação contou com mobilização de boa parte do setor de saúde

Ação contou com mobilização de boa parte do setor de saúde

Comentários