Cursos Mulher Atual e Gestora Rural capacitam mulheres em Pitanga

Curso Mulher Atual foi encerrado em Pitanga

Curso Mulher Atual foi encerrado em Pitanga

A Coamo, em parceria com o Sescoop (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) e o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), mantido pela Faep (Federação da Agricultura do Estado do Paraná), ofereceu nesse ano dois cursos de capacitação para as cooperadas da Coamo de Pitanga. Recentemente, foi finalizado o curso Mulher Atual, que contou com 22 inscritas e teve como principal objetivo potencializar nas mulheres que atuam no campo, o perfil empreendedor em suas áreas pessoal, profissional e social. No dia 4 de dezembro será encerrado o curso de Gestora Rural, que está sendo aplicado para 16 participantes, também ligadas à Coamo, e que trabalha o despertar desses gestores para administrarem, adotando princípios de gestão de pessoas e processos, de forma participativa e sustentável.

Segundo a instrutora Eliana Scherbak, o Mulher Atual trabalha as questões que envolvem o autoconhecimento, resgate da autoestima, fortalecimento dos relacionamentos, para descobrir o perfil empreendedor e atuar de forma diferenciada em suas propriedades. “Ao realizarmos o curso, percebemos que as mulheres têm como principal sentimento de que são capazes, que podem enfrentar suas lutas e reconhecer seu potencial”, cita a instrutora.

Ela lembra que o Mulher Atual já existe há dez anos no Paraná e serviu de modelo para outros estados e mais de 25 mil mulheres já participaram desse treinamento, que ajuda no resgate da autoestima, fortalecimento e que passam a atuar de forma diferente na sua propriedade, mais envolvidos e comprometidos com seu papel no agronegócio.

“Fazer parte desse processo desde o início, foi uma grande honra para mim. Sou muito grata pelas oportunidades que tive, ministrando mais de 70 turmas do programa Mulher Atual, durante dez anos. Foram compartilhados muitos conhecimentos e aprendizado”, frisa a instrutora.

Para a instrutora Tânia Gerstner, o curso de Gestão de Pessoas – Métodos Operacionais - é dividido em três módulos, que abordam gestão de pessoas, recursos humanos e gestão de processos e negócios. O curso tem 80 horas, dividido em dez encontros, onde são abordados diversos aspectos desse tema. Ao final do curso, será feito um plano de ação, que será aplicado na propriedade rural, onde todos os processos que serão abordados e aprendidos serão colocados em prática.

O gerente da Coamo, Valdemir de Paula Barbosa, comentou que a Coamo administra e organiza esses cursos, porque as mulheres já estão fazendo parte da administração e gestão da propriedade e ajudando a tocar as propriedades rurais. “A diretoria da Coamo e o Senar estão trabalhando para profissionalizar e desenvolver a questão administrativa das gestoras nas propriedades”, frisou.

Barbosa disse que a expectativa é oferecer um curso por ano para a capacitação dos cooperados de Pitanga e, principalmente, de incentivo às mulheres do município.

Comentários