Colégio Dom Pedro I de Pitanga classifica alunos para fase final da Olimpíada de Língua Portuguesa

Alunos, professores e direção posam para foto em frente ao Colégio Dom Pedro i

Alunos, professores e direção posam para foto em frente ao Colégio Dom Pedro i

A 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa/Escrevendo o Futuro é coordenada pela professora Mery Terezinha Arruda dos Santos, no Colégio Dom Pedro I. O concurso nacional premia produção de textos de alunos de escolas públicas de todo o país e acontece a cada dois anos, com o tema “O lugar onde vivo”.

Os professores são convidados a orientar a produção de seus alunos, que resgatam histórias e estreitam vínculos, aproximando-se dos saberes da cultura local. Participam professores e alunos do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, nas categorias de: Poema, Memórias Literárias, Crônicas, Artigo de Opinião e Documentário. O programa contribui para a melhoria do ensino da leitura e escrita, valorizando a interação das crianças e jovens com sua comunidade.

Dois alunos do colégio, Kaike Ruan Machado do Carmo, do 8º ano B, e Bruna Cristina Moretto, do 6º ano D, estão na final da Olimpíada, que acontece em dezembro, em São Paulo (SP). Os textos estão classificados entre os 38 melhores, por categoria, em todo o Brasil e irão representar a região Sul no evento.

Nesta edição de 2019, foram 4.876 municípios participantes, 42.086 escolas inscritas, 85.908 professores inscritos e 171.035 inscrições nas categorias, num total de 5 milhões de alunos participantes nas oficinas de leitura e escrita, realizadas para a produção de textos.

Bruna Cristina Moretto foi orientada pela professora Andrea Maria Ziegemann Portelinha, na categoria de Memórias Literária. Kaike Ruan Machado do Carmo foi orientado pela professora Luci Noeli Schroeder, na categoria Crônicas Literárias.

Entre as premiações desta edição, existe a imersão pedagógica internacional para os professores e viagem cultural em território brasileiro para os estudantes. As escolas dos alunos vencedores receberão como prêmio um acervo para reforço da biblioteca. A competição é realizada pelo Ministério da Educação, em parceria com a Fundação Itaú Social e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC). O objetivo é contribuir para a melhoria do ensino e da aprendizagem relacionada à leitura e escrita nas escolas de todo país.

A direção do Colégio Dom Pedro I, por meio da diretora Maria José Teigão Lopes e do diretor auxiliar Miguel Ângelo Vieira Mazur, parabeniza alunos e professoras. “Todos os educadores do colégio, familiares e pitanguenses sentem-se orgulhosos de serem tão bem representados e de poder levar ao Brasil um pouco da história e belezas de Pitanga”, frisa o coordenadora.

Comentários