Chefe do NRE de Ivaiporã explica situação do Ensino Médio noturno

Chefe do Núcleo de Ivaiporã, Valber Clarimundo

Chefe do Núcleo de Ivaiporã, Valber Clarimundo

O chefe do Núcleo Regional de Educação, Valber Clarimundo, concedeu entrevista ao jornal Paraná Centro e explicou a readequação que está havendo em todo o Paraná com relação ao Ensino Médio no período noturno. Ele destaca que o aluno que está trabalhando, atualmente, seja com carteira assinada ou contrato de trabalho, terá sua vaga assegurada no Ensino Médio noturno. Em todo o Paraná, serão mais de 100 mil vagas abertas e as turmas que atualmente funcionam serão mantidas.

Os alunos que estão ingressando no 1º ano do Ensino Médio e estão trabalhando, também terão sua vaga garantida. Já aqueles que ainda não trabalham e não vislumbram entrar no mercado de trabalho em 2020, estão sendo orientados a se matricular no período diurno, onde o Estado pretende oferecer cerca de 20 mil novas vagas.

Valber Clarimundo comenta que o que está ocorrendo é uma adequação das vagas e demanda. O Paraná é, atualmente, o quarto estado no Brasil em relação à evasão no Ensino Médio e, na comparação entre que estuda durante o dia e quem estuda no período noturno, é possível perceber uma grande diferença.

Entre os matriculados durante o dia, a evasão escolar gira em torno de 9% do. Já entre os que estudam no período noturno, a desistência chega a 32%. “No entanto, o aluno que quer continuar estudando à noite pode fazer sua matrícula na escola ou de forma online e ainda procurar o NRE de Ivaiporã para mais informações”, destacou.

Comentários