Incêndio em escola causa prejuízo de mais de R$ 200 mil ao município de Pitanga

Escola é destruída por incêndio em Pitanga

Escola é destruída por incêndio em Pitanga

O incêndio em um bloco da Escola Municipal Caramuru, localizada na comunidade de Palmital 43, cujas causas devem ser apuradas pela Polícia Civil, provocou um prejuízo na ordem de R$ 200 mil para a Prefeitura de Pitanga. Esse é o cálculo do secretário municipal de Educação, Alfredo Schavaren.

O fato ocorreu na semana passada e o fogo destruiu um bloco da escola, onde funcionava a cozinha e um depósito, onde estavam mobiliários, livros didáticos, computadores, geladeiras, entre outros. “Fizemos um boletim de ocorrência e acionamos a Polícia Civil e a Patrulha Escolar para nos ajudar a investigar o que ocorreu; a suspeita é que tenha ocorrido um incêndio criminoso ou vandalismo, mas também não descartamos que tenha ocorrido um problema na fiação elétrica”, disse o secretário de Educação.

Outro bloco, com duas salas de aula e banheiros, ficou intacto. “A nossa maior dificuldade nesse momento é com relação à alimentação dos alunos, já que a cozinha foi destruída; vamos tentar adaptar uma cozinha para encerrar o ano letivo”, afirmou o secretário.

Atualmente, a Escola Caramuru é uma estrutura pequena, com sala multisseriada e apenas 9 alunos. Por estar localizada na divisa entre Pitanga, Mato Rico e Roncador, fica muito longe da sede do município e alguns pais já haviam manifestado o desejo de matricular os alunos em escolas mais próximas de suas propriedades rurais e isso deve determinar a desativação da escola. Os alunos passarão a ser atendidos com o transporte escolar. “Para uma reconstrução, teríamos que ter mais alunos e um projeto de continuidade e não temos isso em um futuro próximo”, disse o secretário. Além disso, a professora que atualmente atende a escola irá se aposentar, nesse final de ano.

Schavaren lamenta o prejuízo com o incêndio que danificou a escola, sendo que o mobiliário e equipamentos poderiam ser usados em outras escolas do município.

Comentários