Ivaiporã investe em setores estratégicos projetando crescimento

Imagem da notícia.

Com cerca de 32 mil habitantes, Ivaiporã tem alcançado níveis invejáveis de produção e produtividade agrícola. Tanto que em 2018, o Valor Bruto da Produção, índice que reflete a geração de renda na agropecuária, cresceu 21,6%, um crescimento quatro vezes maior que a média regional de 5,05% e também superior à média estadual de 5,01%.

De acordo com dados do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura, o município gerou, no ano passado, R$187,7 milhões no campo, com destaque para a soja, que teve uma participação total de R$87,7 milhões e para o trigo, que movimentou R$24,2 milhões.

O resultado favorável de 2018 também se deve à produção de frango de corte, que cresceu 74,38%, com um faturamento de R$17,2 milhões, que superaram os R$9,8 milhões de 2017.

Ivaiporã também tem investido em outros setores da economia para gerar emprego e renda. Em parceria com o Governo do Estado, o município está pavimentando comunidades rurais e fortalecendo a agricultura familiar, com ações como o Festival do Café do Jacutinga, implantado em 2018.

O setor avícola também ganha impulsão com a instalação de um abatedouro de frango e uma fábrica de ração, que devem ser construídos em breve. O terreno para a construção das obras de 10,5 alqueires na rodovia PR-466 foi cedido pela Prefeitura, por meio de contrato de concessão.

Polo de saúde regional

Imagem da notícia.

Com a construção do Hospital Regional em andamento, Ivaiporã quer se consolidar como polo regional em saúde. Além de garantir mais saúde para a população de toda a região, a unidade hospitalar vai gerar mais emprego e renda para o município. Mais de R$32 milhões estão sendo investidos pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) na obra, em terreno doado pela Prefeitura.

A estimativa é que o Hospital Regional vai empregar cerca de 500 profissionais, entre médicos, enfermeiros, nutricionistas, farmacêuticos, assistente social e funcionários da área administrativa.

A unidade hospitalar de 8 mil metros quadrados contará com 104 leitos, sendo 10 de UTI adulto. O hospital será administrado e custeado pelo Governo do Estado, sendo o maior investimento em saúde da história da região.

Apostando no potencial turístico

Imagem da notícia. Por: Marco Franciscato

Fonte: Marco Franciscato

Além de incentivar o chamado turismo de eventos, com apoio a festas, a Prefeitura de Ivaiporã tem feito investimentos em melhorias nos espaços de lazer com um programa de praças temáticas. A primeira delas é a Praça Japão, inaugurada em agosto, na Avenida Castelo Branco, quando foi realizado o 1º Festival do Japão. O segundo projeto é a Praça França, que está localizada no centro da cidade e traz uma réplica de 32 metros de altura da Torre Eiffel, espelho d’ água e uma replica do Arco do Triunfo.

Fruticultura em crescimento

A produção de frutas na região vem despontando como uma importante opção de renda e diversificação das pequenas propriedades rurais. Diante disso, a Prefeitura de Ivaiporã lançou recentemente o programa Ivaiporã Frutifica, iniciativa que visa fortalecer e desenvolver a fruticultura no município.

Atualmente, o município já produz uma diversidade de frutas como goiaba, maracujá, uva, morango, entre outras. A ideia é melhorar ainda mais o perfil agrícola de Ivaiporã.

Pólo comercial e universitário

Além de ser uma referência no meio rural, Ivaiporã também é pólo regional em outros setores da economia, como o comércio e o setor de serviços. Muitos órgãos da administração estadual e federal têm escritórios no município, fazendo com que a cidade receba milhares de pessoas diariamente.

O setor industrial também tem futuro promissor no município. A Prefeitura inaugurou recentemente, o Distrito Industrial de Ivaiporã, que é dividido em dois parques, que somam mais de 250 mil metros quadrados, na rodovia PR-466.

Hoje, Ivaiporã, é considerada ainda um polo universitário. O município conta com o campus Regional Vale do Ivaí da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e o campus do Instituto Federal do Paraná (IFPR), oferecendo cursos em diferentes áreas, preparando alunos para o mercado de trabalho local e regional. Além disso, as Faculdades Integradas do Vale do Ivaí (Univale) e a Faculdade de Tecnologia do Vale do Ivaí (Fatec) são as instituições de ensino superior privado do município. Ao todo, são aproximadamente 2.500 alunos matriculados no ensino superior em Ivaiporã.

Comentários