Jardim Alegre pretende produzir energia solar para atender iluminação pública

Jardim Alegre já conta com iluminação totalmente em Led

Jardim Alegre já conta com iluminação totalmente em Led

A Prefeitura de Jardim Alegre pretende lançar, para o ano que vem, um projeto para a produção de energia elétrica a partir da luz solar, para atender toda a iluminação pública do município. O prefeito José Roberto Furlan comentou que essa é iniciativa inédita de Jardim Alegre e que, no próximo ano, a ideia é iniciar a produção de energia solar. A estimativa é que o projeto custe entre R$ 400 mil a R$ 500 mil.

A prefeitura busca um terreno para implantar o parque de geração de energia e a estimativa é que essa estrutura gere cerca de 75 kw/h. O prefeito lembrou que, no início do ano, a prefeitura fez a substituição de todas a lâmpadas da iluminação pública, que eram de mercúrio de sódio ou mercúrio, por LED, e isso já representou uma economia na ordem de 30% a 40% no consumo. Foram mais de 1,5 mil pontos de troca entre a sede do município, os distritos de Barra Preta, Pouso Alegre, Placa Luar, Jardim Florestal e nos bairros rurais dos Baianos, Vila Rural, Assentamento 8 de Abril, Cascalho e Brasinha.

Com esse investimento, o município vai encaminhar um ofício à Copel, solicitando que não ocorra aumento no preço da iluminação pública nesse ano. Furlan acredita que será necessário um forte investimento para adequar a iluminação em algumas ruas, mas, certamente, isso não deverá ser repassado à população. “Vamos buscar esse investimento para que a população possa economizar, gerando também economia na conta da iluminação pública”, frisou.

O prefeito ressalta que ainda pretende iluminar com lâmpadas de LED o lago, que está sendo construído, e também a via perimetral que vai de Jardim Alegre até as proximidades da Coamo, mas vamos ver os custos e procurar atender essas demandas conforme a disponibilidade do nosso caixa. “Vamos tentar montar um sistema autossuficiente e que seja sustentável”, disse o prefeito Furlan.

O investimento na substituição foi de R$ 1,130 milhão, valor que estava acumulado na conta de investimento em iluminação pública. “Esse projeto segue a linha de uma tendência mundial, que prima pela sustentabilidade, e o objetivo é reduzir o gasto com energia elétrica convencional e gerar energia por fontes renováveis, que não agridem o meio ambiente, sendo a solução para diminuição da emissão de gases de efeito estufa, como o dióxido de carbono e o metano”, finalizou o prefeito.

Prefeito de Jardim Alegre, José Roberto Furlan

Prefeito de Jardim Alegre, José Roberto Furlan

Comentários