Polícia procura suspeito de estuprar menino de 11 anos em Ivaiporã

Até o final da tarde dessa terça-feira, dia 5 de novembro, a Polícia Militar e a Polícia Civil de Ivaiporã ainda realizavam buscas contra um homem, suspeito de ser o autor de um estupro de vulnerável contra um menino de 11 anos de idade. O caso gerou revolta na população de Ivaiporã e, se ele não for encontrado até a manhã desta quarta-feira, dia 6 de novembro, o delegado Aldair da Silva Oliveira deve solicitar à justiça que seja decretada a prisão preventiva do suspeito.

Na noite da segunda-feira, dia 4 de novembro, a Polícia Militar foi acionada pela mãe do menor, que havia saído há mais de 2 horas para ir a casa de uma conhecida e não havia voltado. Ela já havia entrado em contato com a amiga, que informou que a criança não estava no local.

Após cerca de uma hora de buscas, o menor chegou à residência e informou aos pais que havia sido estuprado por um homem moreno, alto e magro. A Polícia Militar começou a realizar buscas para localizar o suspeito, que havia se escondido na casa de um morador na Vila Nova Porã. No entanto, assim que a PM chegou ao local, o suspeito conseguiu fugir pelos fundos do imóvel e não foi mais localizado.

O delegado de Ivaiporã, Aldair Oliveira, ouviu o relato da criança, que contou que o rapaz o encontrou na rua e disse que iria levá-lo a um local, para encontrar com um parente. Ao chegar a um local afastado, ele consumou o ato de abuso sexual contra a criança que, inclusive, foi internada no hospital com fortes dores na região anal. “O inquérito policial foi instaurado e já existe a qualificação do suspeito ter cometido esse ato e estamos em diligências para tentar capturá-lo e que ele forneça as explicações para que possamos finalizar o inquérito. Mas caso alguém tenha informações sobre o paradeiro dele, podem entrar em contato com a Polícia Civil”, disse o delegado.

Comentários